Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/08/2007 07:28

Cadastro único vai reduzir burocracia, diz ministro

Mylena Fiori/ABr

Brasília - O cadastro único de convenções e acordos coletivos de trabalho negociados por sindicatos de todo país também deve reduzir a burocracia para homologação dos acordos pelo Ministério do Trabalho.

Alguns processos têm mais de 500 páginas e o prazo médio de análise é de 60 a 90 dias, chegando a um ano em alguns casos. O novo sistema, chamado Mediador, vai permitir a elaboração e transmissão das convenções pela internet.

Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, com isso, o prazo máximo de homologação será de 30 dias. “Vamos ter uma boa parcela sendo resolvida no mesmo dia".

O sistema, inaugurado hoje (6) já nasce com 397 instrumentos coletivos registrados, incluídos durante cinco meses de projeto-piloto.

O programa foi implementado experimentalmente em fevereiro deste ano em um estado de cada região do país: Santa Catarina (Sul), São Paulo (Sudeste), Mato grosso do Sul (Centro-Oeste), Ceará (Nordeste) e Amazonas (Norte).

Em junho, foi estendido para mais oito estados: Alagoas, Bahia. Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

O Ministério do Trabalho aproveitou o período para treinar cerca de 300 sindicalistas e 100 funcionários do ministério.

A inclusão dos acordos e convenções no sistema, por enquanto, é facultativa. "Acredito que em 60 a 90 dias teremos atendimento 100%. Aí sim, com a prática confirmando essa previsão, podemos fazer com que seja obrigatório", afirmou Lupi.

De acordo com o ministro, em 60 dias o governo federal pretende lançar outro sistema informatizado: o homologanet, que deve facilitar a homologação de demissões.

Quem quiser acessar o cadastro único dos acordos deve buscar o Sistema Mediador no site do Ministério do Trabalho: www.mte.gov.br.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)