Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/09/2014 13:06

Cadastro Ambiental Rural é tema de palestra para produtores amanhã

Priscilla Peres, Campo Grande News

Às 8h de amanhã (29), será realizada uma palestra para produtores rurais de Campo Grande sobre o CAR (Cadastro Ambiental Rural). O objetivo é sanar as dúvidas, já que o que não se inscrever até a data limite ficará irregular, podendo ficar impedido de obter licenciamento ambiental e financiamentos. O prazo final de inscrição está marcado para 5 de maio de 2015.

A palestra 'Reserva menor que 20%', será ministrada pelo o assessor jurídico da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Carlo Daniel Coldibelli. O evento será realizado no Sindicato Rural do município.

"O foco da palestra é traçar um panorama sobre a regularização ambiental das propriedades por meio do CAR, dando especial atenção às situações de reserva legal que pode ser consolidada com área menor que a exigência atual", afirma Coldibelli citando como exemplo as áreas formadas antes de 1989, ano que a reserva legal passou a ser de 20% da área do imóvel. "A regra mudou naquele ano, mas em Mato Grosso do Sul a maioria das propriedades foram formadas antes da década de 80. Este é um dos pontos do CAR que gera dúvidas entre os produtores".

O CAR foi criado pelo Novo Código Florestal e serve como instrumento essencial para o processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais. As informações do cadastro passarão a ser utilizadas como critério para a obtenção de licença ambiental para a exploração dos recursos naturais das propriedades.

Para cadastrar suas informações, o produtor rural de Mato Grosso do Sul deve utilizar o CAR/MS, que é integrado ao SICAR - Sistema de Cadastro Ambiental Rural Federal, o produtor deverá apresentar os dados ambientais de sua propriedade rural no Estado. O sistema já está disponível para inscrições no site do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS).

Às 8h de amanhã (29), será realizada uma palestra para produtores rurais de Campo Grande sobre o CAR (Cadastro Ambiental Rural). O objetivo é sanar as dúvidas, já que o que não se inscrever até a data limite ficará irregular, podendo ficar impedido de obter licenciamento ambiental e financiamentos. O prazo final de inscrição está marcado para 5 de maio de 2015.

A palestra 'Reserva menor que 20%', será ministrada pelo o assessor jurídico da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Carlo Daniel Coldibelli. O evento será realizado no Sindicato Rural do município.

"O foco da palestra é traçar um panorama sobre a regularização ambiental das propriedades por meio do CAR, dando especial atenção às situações de reserva legal que pode ser consolidada com área menor que a exigência atual", afirma Coldibelli citando como exemplo as áreas formadas antes de 1989, ano que a reserva legal passou a ser de 20% da área do imóvel. "A regra mudou naquele ano, mas em Mato Grosso do Sul a maioria das propriedades foram formadas antes da década de 80. Este é um dos pontos do CAR que gera dúvidas entre os produtores".

O CAR foi criado pelo Novo Código Florestal e serve como instrumento essencial para o processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais. As informações do cadastro passarão a ser utilizadas como critério para a obtenção de licença ambiental para a exploração dos recursos naturais das propriedades.

Para cadastrar suas informações, o produtor rural de Mato Grosso do Sul deve utilizar o CAR/MS, que é integrado ao SICAR - Sistema de Cadastro Ambiental Rural Federal, o produtor deverá apresentar os dados ambientais de sua propriedade rural no Estado. O sistema já está disponível para inscrições no site do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)