Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/10/2005 14:53

Cabos e soldados da PM discutem salários em assembléia

Maristela Brunetto/Campo Grande News

Cabos e soldados da Polícia Militar e Bombeiros fazem amanhã à tarde uma assembléia para discutir a situação salarial, falta de promoções e o referendo sobre a venda de armas. Conforme o cabo Amaury Braga de Oliveira, da Associação de Cabos e Soldados, os militares cobram reposição salarial referente aos dois últimos anos.
Ele aponta que os militares quando fizeram acordo com o governo estadual para corrigir salários conforme determinação judicial assinaram termo abrindo mão da reposição. No ano passado, havia uma decisão judicial que cumprida de imediato representaria um desembolso milionário pelo governo. A saída foi buscar na Assembléia Legislativa uma lei autorizando um acordo com correção progressiva dos vencimentos.
Conforme Oliveira, alguns militares não aceitaram fazer acordo e aguardam o julgamento de recurso à ação. Segundo diz o dirigente, há movimentação para que ocorra um ato ou até paralisação.
Um cabo recebe em média R$ 1,4 mil, segundo o dirigente. Aquele que assinou acordo com o governo ganha R$ 1,8 mil. No caso de soldados, sem acordo o valor é de R$ 900 e com acordo o salário vai a R$ 1,5 mil.
A falta de promoções de soldados a cabos e de cabos a sargentos será outro ponto de discussão. Elas não estariam ocorrendo há cerca de três anos, diz. Outro tema da Assembléia é o referendo sobre a venda de armas. Um advogado irá orientar os policiais sobre o que diz o Estatuto do Desarmamento e quais serão os cenários após o referendo.
A assembléia será no auditório da Associação Comercial, na rua XV de Novembro, a partir de 14h30.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)