Cassilândia, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

Últimas Notícias

11/10/2019 06:11

Cabo Eleitoral & Conselheiro Tutelar

Manoel Afonso

PREFEITOS Gosto de conversar com eles. São iguais no relato dos percalços que enfrentam em 2 pontos: a falta de dinheiro e a dificuldade de atender as exigências do Ministério Público Estadual que até paralisa a gestão com ações judiciais. Lenga lenga de se confundir dolo, má fé ou improbidade do prefeito com simples equívoco por motivo justificável. Promete repercutir a iniciativa da Ordem dos Advogados do Brasil em postar no Supremo Tribunal Federal ação direta de inconstitucionalidade justamente para limitar os poderes dos Promotores de Justiça na proposição de ação de improbidade administrativa contra prefeitos e governadores. E quem será a ‘estrela da vez’ no STF?


‘DATA VENIA’ o exercício do cargo de prefeito é espinhoso por fatores diversos. As lamúrias de ex-prefeitos e de atuais gestores comprovam que as dores são infinitamente maiores que os prazeres. Mas por vaidade, camuflada no falso argumento do ‘sacrifício pessoal’ em benefício do povo ou em atendimento ao chamado de ‘companheiros ou do grupo’, eles assumem essa operação de risco. Alguns deles reclamam da intromissão exagerada dos Promotores de Justiça que ignoram a realidade do município e atentam apenas para o texto frio da lei. Recentemente um prefeito do interior lamentou ao cronista: “desse jeito terei que colocar uma mesa para o promotor na minha sala”.


OPINIÃO do leitor sobre o pacote anticrime: “...Limitando em 6 anos a permanência dos líderes das ‘facções’ no mesmo presídio e vigorando o sistema de rodízio deles entre prisões federais, enfraqueceria essas organizações....Os condenados no tribunal do júri começariam a cumprir a pena de imediato como ocorre nos ‘States’....As audiências criminais seriam mais rápidas, menos burocráticas, diminuindo a análise de processos por anos a fio....Os criminosos habituais, condenados várias vezes por roubo, furto e tráfico de drogas começariam a cumprir a pena em regime fechado, ao contrário de hoje em liberdade porque não foram condenados em todas as instâncias...”


A MISSÃO Como a família está despedaçada, desestruturada a função do Conselheiro Tutelar é importante, exigindo dele boa formação moral e cultural, além de afinidade, vocação no trato de situações delicadas que envolvem seres humanos. O cargo também exige disponibilidade. Após ler o regulamento de seleção dos candidatos, entendo que os mesmos deveriam também passar por um vestibular em substituição ao sistema atual de eleições diretas. Há o envolvimento de políticos a favor de candidatos no pleito. Isso é ruim; não se confunde popularidade com qualificação. Conselheiro Tutelar não pode ficar devendo favores a políticos para depois retribuir como seu cabo eleitoral.


FIM DA PICADA Engraçado como a política interfere em tudo. Até na escolha do Premio Nobel de Literatura e da Paz. Até ontem o indicado seria o ex-presidente Lula (PT) porque ele’ acabou com a fome’ no Brasil. Agora é o cacique Raoni. Outro nome ventilado é da garota sueca Greta Thunbeg que criticou as queimadas da Amazônia. Só para lembrar ( e espantar!) de outras figuras que chegaram a ser indicadas ao Nobel da Paz: Hitler, Lenin e Mussolini. Enquanto isso os vizinhos argentinos ganharam 2 Nobel da Paz (1936 e 1980), e Nobel da Medicina em 1947 e 1984, além de Nobel de Química em 1970. Os argentinos são pedantes até, mas nesta área ficamos nanicos perto deles.


METAMORFOSE Ouço e gosto das opiniões da minha empregada doméstica sobre certos assuntos. Ao longo de 15 anos percebo como ela aprimorou pensamento e sua postura. Traduz com fidelidade aquilo que capta no universo que frequenta, no bairro, na vizinhança, salão de beleza, no rádio no celular e na TV. Engana-se quem imaginar que pessoas de extrato social mais baixo não tenham o senso de observação, análise dos personagens e fatos do dia a dia, independentemente da posição social. As conclusões simplistas; calcadas no bom senso e na moral. Enfim, não há mais inocentes. Todos sabem de tudo! A internet desnudou o mundo. É o fim do monopólio da notícia.


‘MAIORIA SILENCIOSA’ Em Abril de 2018 falei aqui dos perigos deste fenômeno constatado nas pesquisas eleitorais. As previsões acertaram na mosca! Aliás, esse fenômeno continua existindo como percebo na cabeça de minha funcionária. Aí cito o crítico Luciano Meira: “ Estamos vivendo dias de grandes controvérsias. A cada momento somos surpreendidos por algo maléfico que nos deixam indignados num primeiro momento e depois nos escandalizam pela falta de punição. Os escândalos de corrupção dos políticos são presenças diárias nos meios de comunicação. A banalização dessas cenas mostra como o ser político tornou-se vulgar devido a desonestidade”.


1-LAMENTOS Sobre a criação do nosso Estado, todos os anos, ouço críticas. Uma delas é que não fomos bons negociadores também na questão dos limites. Sedentos pelo poder do futuro Estado nossos políticos afobados, não insistiram numa área maior. A proposta inicial junto ao Planalto era ter o rio São Lourenço como o principal marco divisório. Se isso tivesse ocorrido as terras de Alto Taquari, Alto Garças, Alto Araguaia, Itiquira, Pedra Preta e São José do Povo estariam no MS. Mas nossas lideranças fracas, não conseguiram benefícios com as compensações fiscais Consolo: ‘Ficamos com o tereré, a chipa e o chamamé”. Tido como ‘patinho feio’, Mato Grosso virou ‘cisne’.


2-LAMENTOS Mesmo antes da criação do Estado a disputa pelo núcleo do poder era notória. A vaidade oceânica, não poupou nenhuma liderança. O ranço dos dois velhos grupos oriundos da UDN (União Democrática Nacional) e do PSD ( Partido Social Democrático) aflorou. A nomeação de Harry Amorim para o Governo foi um balde de água fria. Mas a fritura dele foi rápida e desastrosa sob o ponto de vista administrativo. Os políticos passaram a guerrear em Brasília em episódios desgastantes. Passados tantos anos é possível é preciso reconhecer que cada grupo político teve sua parcela de culpa pelos resultados. Agora, adequar o Estado à realidade econômica é o único caminho.


RABOS PRESOS As barbaridades que o ex-ministro Antonio Palocci está contando em sua delação e que envolvem o presidente Lula (PT) e tanta gente graúda que mamou nas tetas do Governo Petista, simplesmente estão sendo ignoradas pela chamada grande imprensa ( vingando o corte de verbas do Governo Federal) . O mais grave é a postura sacana, parcial da Ordem dos Advogados do Brasil ( que não me representa há tempos), do Senado, Câmara Federal, Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e outras entidades ligados a esquerda. A Globo por exemplo, passa longe do assunto. Até o papudo e machão ex-ministro Ciro Gomes (PDT) continua na moita. Ah! - já entendi!


PODE ISSO ARNALDO? Confidente de Lula, Palocci revelou à Polícia Federal que Guido Mantega (ex-ministro) articulou em 2009 a demissão de Henrique Meireles da presidência do Banco Central para que ele não atrapalhasse a venda de informações privilegiadas. Dizia que para “viabilizar” a campanha de Dilma precisaria de alguém na chefia do BC “ajudando” o PT. O nome - Luiz Gonzaga Belluzzo e o BTG, que era o banco destinatário das informações preciosas. O ‘melhor’; Lula levaria 10% dos lucros do BTG, como a alta da Taxa Selic. ‘Nosso’ José C. Bumlai participando dessa tramoia. Daí que o roubo do PT foi além do faqueiro e de outros objetos do Palácio do Planalto.


SÉRGIO HARFOUCHE Falamos de tudo um pouco na FM Cidade. O Promotor de Justiça defende o ‘Pacote Anticrime’ e mudanças na eleição dos Conselheiros Tutelares; criticou a ideia de se criar um período de quarentena aos ex-integrantes do Ministério Público para disputa de cargos eletivos. Com base no parecer favorável da Procuradoria Geral de Justiça ele entende reunir condições de disputar as eleições de 2020 porque ingressou no Ministério Público Estadual em 1992, enquanto a lei dispõe sobre a isso é posterior a essa data. Apesar de convite do ‘Avante’ para se filiar - está em fase de reflexão embora tenha tido mais de 163 mil votos ao Senado em Campo Grande.


PREOCUPA! Estamos em Outubro e pouco coisa relevante tem acontecido que pudesse destravar a economia do país. Nossos congressistas primam pela ironia, como se vivessem na Califórnia. Cada uma de suas excelências cuidando de seu quadrado ( leia-se curral eleitoral 2020). Não é difícil avaliar as quantas anda a situação econômica em sua rua, bairro e cidade. As placas de aluguel e venda nem atraem mais a atenção. Cada cidadão cortando até onde pode em nome da sobrevivência. Em poucos dias veremos o Papai Noel com aquele sorriso (sorrindo de nós) e aí teremos engolido mais um ano de apenas esperança no país de ‘eterno futuro’.


INCOERÊNCIA Embora única, a chapa eleita do MDB nacional é a ‘Renovação Democrática’. Mas vejam: O deputado Baleia Rossi é filho do ex-ministro Wagner Rossi: o deputado Daniel Vilela é filho do ex-senador Maguito Vilela; o deputado Newton Cardoso Filho é primogênito do ex-governador Newton Cardoso. Já o deputado Confuncio Moura está no 7º mandato; o deputado Washington Reis tem mandato desde 1998; o senador Marcelo Castro tem mandato desde 1991 e o deputado Raul Henry é parlamentar desde 2002. Seus ex-presidentes: Romero Jucá e Michel Temer. Um partido que mesmo sofrendo do ‘Mal de Parkinson’ - não quer largar o osso!


SORTE CONTA Também na vida pública conta o fator sorte. Às vezes a competência perde para a inabilidade e falta de vocação. Acompanho a trajetória do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) desde a Assembleia Legislativa. Sua marca registrada é a timidez, mas superada pela coragem e pragmatismo. Eleito e reeleito contra a vontade de velhos caciques - surfa nas ondas bravias da recessão e da instabilidade política. Impressionante: em todas as crises sempre aparece uma boia salva vidas. A última é essa notícia do dinheiro do ‘Pré Sal’ que virá para o Estado em boa hora. Pelo visto quem andou apostado em desgraças ou algo semelhante cairá literalmente do cavalo.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Outubro de 2019
Segunda, 21 de Outubro de 2019
11:00
Paranaíba, Aparecida do Taboado, Cassilândia e Chapadão do Sul
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Domingo, 20 de Outubro de 2019
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)