Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/06/2013 15:04

Buffon defende três cobranças e Itália conquista terceiro lugar nos pênaltis

FPF

Decidindo o terceiro lugar da Copa das Confederações 2013, Uruguai e Itália se enfrentaram neste domingo (30), em Salvador (BA). Depois de empatarem por 2 a 2 no tempo normal, a Itália venceu nas cobranças de pênalti por 3 a 2, com direito a Buffon defender três penalidades uruguaias.

O jogo começou com a Itália buscando o ataque e criando chances. Chiellini, aos oito minutos, desviou cobrança de falta e a bola passou perto do gol de Muslera.

A resposta uruguaia veio com Diego Forlán em cobrança de falta, que Buffon defendeu. A pressão italiana era maior nos minutos iniciais do primeiro tempo.

Aos 23 minutos, Astori colocou a Itália na frente do placar em Salvador. Diamanti cobrou falta para a área, mas a bola tomou a direção do gol, batendo na trave, nas costas de Muslera e entrando no gol. Astori ainda tocou na bola antes dela entrar no gol.

A resposta uruguaia veio com Suárez, mas novamente Buffon impediu o gol de empate. Aos 36, a chance foi de Pereira, com boa defesa do goleiro italiano.

O Uruguai começou a etapa final no ataque e ficando com a posse de bola. Arévalo Rios pegou rebote na cobrança de escanteio aos oito minutos e bateu de primeira para a defesa de Buffon.

Cavani, aos 12 minutos, empatou a partida. O Uruguai aproveitou erro na troca de passes italiana, Gargano recebeu a bola e avançou até a entrada da área, onde Cavani dominou e finalizou para as redes italianas.

Forlán, aos 22, teve duas chances para fazer o gol da virada, mas Buffon fez duas grandes defesas. O Uruguai insistia na pressão para criar chances de gol, tentando evitar os avanços italianos.

Diamanti, aos 27, recolocou a Itália na frente do placar, em cobrança de falta que passou por cima da barreira e foi parar no fundo das redes de Muslera.

O Uruguai reagiu e Cavani, aos 32, empatou novamente o jogo. Também na bola parada, o jogador uruguaio arrematou e Buffon não conseguiu defender.

Itália e Uruguai tentaram a pressão nos minutos finais, mas a partida acabou indo para a prorrogação, com o empate no tempo normal.

A prorrogação começou com o Uruguai tendo a posse de bola e procurando o ataque, enquanto a Itália pouco conseguia no toque de bola.

Os dois times tocavam a bola, mas o ritmo de jogo era mais cadenciado e não houve muitas chances de gol na etapa inicial da prorrogação.

No começo do segundo tempo da prorrogação, Montolivo foi expulso após cometer falta na entrada da área. Na cobrança, Cavani mandou a bola longe do gol.

Suárez bateu de longe e a bola passou por cima do gol de Buffon. O Uruguai insistiu e Gargano arriscou o chute, mas o goleiro italiano fez a defesa. O empate persistiu no tempo extra e o jogo foi para os pênaltis.

Forlán abriu a primeira série de cobranças, mas Buffon defendeu. Na primeira cobrança italiana, Aquilani colocou a bola no fundo das redes de Muslera.

Cavani bateu para o Uruguai e empatou a série. El Sharaawy cobrou e recolocou a Itália na frente.

Pelo Uruguai, Suárez empatou novamente o placar. De Sciglio foi para a cobrança e Muslera espalmou.

Cáceres cobrou e Buffon caiu para pegar a bola. Na vez italiana, Giaccherini voltou a deixar a equipe europeia na frente do placar.

Gargano bateu e Buffon defendeu novamente, garantindo o terceiro lugar da Copa das Confederações para a Itália.

Ficha Técnica

Uruguai 2 (2) x (3) 2 Itália

Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)

Árbitro: Djamel Haimoudi (Argélia).

Uruguai: Fernando Muslera; Maximiliano Pereira (Álvaro Pereira), Diego Lugano, Diego Godín e Martín Cáceres; Arévalo Ríos (Diego Pérez), Gargano e Cristian Rodríguez (Álvaro González); Diego Forlán, Luis Suárez e Cavani.

Técnico: Óscar Tabárez.

Itália: Buffon; De Sciglio, Chiellini e Astori (Bonucci); Maggio, De Rossi (Aquilani), Montolivo, Candreva, El Sharaawy e Diamanti (Giaccherini); Gilardino.

Técnico: Cesare Prandelli.

Gols: Astori (ITA) aos 23 do primeiro tempo, Cavani (URU) aos 12, Diamanti (ITA) aos 27, Cavani (URU) aos 32 do segundo tempo.

CA: Pereira e Suárez (URU); Montolivo e Chiellini (ITA).

CV: Montolivo (ITA).

Pênaltis: Uruguai 2 (Cavani e Suárez) x 3 Itália (Aquilani, El Sharaawy e Giaccherini).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)