Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/03/2015 09:50

Briga em eleição pode deixar internet fora do ar em MS, ameaça sindicalista

Midiamax

Uma disputa eleitoral pode deixar o Mato Grosso do Sul sem internet, de acordo com parte dos filados do Sinttel – MS (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas em Telecomunicações). Segundo parte da classe trabalhista, caso a atual diretoria não permita que a oposição participe da mesa de votação, os serviços de manutenção da internet ficarão suspensos, acarretando, assim, na queda do sinal.

A eleição da nova diretoria do sindicato acontece nesta segunda-feira (30), das 8 às 18 horas, na Rua José Antônio, 1682, sede da instituição.

De acordo com Samir dos Santos, que integra a oposição, sua chapa detém a maioria dos trabalhadores. “Temos mais de

2.500 votos, sendo que o sindicato possui 3.295 filiados. Se não deixarem nós participarmos do processo eleitoral, Mato Grosso do Sul ficará isolado do resto do Brasil, pois faremos uma greve que vai impossibilitar a manutenção da fibra ótica”, revela.

O sindicalista ressalta que a diretoria está impedindo essa participação, pois sabem que a derrota seria iminente. “Sabem que não ganham no voto, por isso estão fazendo isso. Por enquanto não posso dar uma previsão de quando a internet no Estado ficará prejudicada, mas o risco é muito grande”, alerta.

Outro lado

Em contrapartida, o diretor financeiro do Sinttel, Jeferson Borges Silveira, desmentiu qualquer possibilidade do Estado ficar sem internet. “Isso é mentira, é conversa fiada deles. As empresas que vendem a internet para o consumidor têm responsabilidade na prestação deste serviço, por isso não existe essa possibilidade”, esclarece.

Quanto ao impedimento da chapa contrária em participar das eleições, Silveira explica que a oposição assinou um documento, antes das eleições, que continha uma lista de 38 sindicalistas que sentaria à mesa eleitoral, porém, chegada a eleição, os nomes não conferem. “Nenhum nome bateu com o que ficou acordado. Eles estão descumprindo o acordo trazendo pessoas que, sequer, são filiadas ao sindicato”, diz.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)