Cassilândia, Sábado, 27 de Maio de 2017

Últimas Notícias

30/03/2013 07:32

Briga de torcidas: torcedor do Vila pega dez anos de prisão

TJGO

O 1º Tribunal do Júri de Goiânia condenou François do Couto Miranda, torcedor do Vila Nova, a dez anos e oito meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pela tentativa de homicídio de Kaik Vinícius Souza da Silva, em fevereiro de 2011, quando ele tinha apenas três anos. O júri foi presidido pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara.

O tiro era destinado ao padrasto de Alefi Pereira Kamla, torcedor do Goiás e morto dois meses antes por Douglas Alves Machado, integrantes do grupo de François e da torcida Esquadrão Vilanovense. Os jurados reconheceram a materialidade da lesão e entenderam que o François, ao agir, deu início a execução de um crime de homicídio que só não se consumou por circunstâncias alheias à sua vontade.

O menino estava no banco de trás de um carro estacionado na porta de um supermercado, no Setor São José, e, mesmo sem ter nada a ver com o caso, foi vítima da briga de torcida estabelecida entre os grupos. De acordo com André Alves de Oliveira, padrasto de Alefi, os indiciados queriam mata-ló por pensarem que ele vingaria a morte do enteado e, ainda, por suspeitarem que teria sido autor da morte de um amigo deles.

Várias testemunhas ouvidas pela polícia reconheceram a moto vermelha pertencente a François, que era pilotada por Douglas, além de afirmarem terem visto François disparar o tiro que atingiu Kaik. (Texto: Aline Leonardo - Centro de Comunicação Social do TJGO)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 26 de Maio de 2017
10:01
Cassilândia
10:00
Receita do Dia
Quinta, 25 de Maio de 2017
13:00
Dicas de segurança
Quarta, 24 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)