Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/07/2016 20:20

Briga de casal 'Fiz o disparo sem mirar no corpo dele', diz tenente-coronel

Midiamax
MidiamaxMidiamax

 

Em depoimento na 7ª delegacia da Polícia Civil, a tenente-coronel da Polícia Militar,Itamara Romeira, que matou com um tiro o morte do marido, o major Valdenir Lopes Pereira, de 47 anos, disse que não mirou no companheiro no momento em que fez efetuou o disparo, endossando a tese da defesa que alega legítima defesa. A mulher foi ouvida na tarde desta quinta-feira (14) pelo delegado Cláudio Zotto, responsável pelas investigações.

De acordo com o advogado José Roberto Rosa que faz a defesa de Itamara, em depoimento, a tenente-coronel disse que a discussão entre o casal começou porque, de última hora, o major teria desistido da viagem em família. “Eles iriam para Maceió, mas no último momento ele desistiu e não explicou as razões”, disse.

Iniciada a discussão, a mulher disse ao delegado que o marido começou a agredi-la, e que chegou a derrubá-la no chão. Quando conseguiu se livrar das agressões, Itamara teria corrido até um dos quartos da residência onde estava o revólver utilizado no crime, enquanto Valdenir teria ido até o carro, estacionado na varanda, também para pegar sua arma que estava guardada no automóvel.

“Quando pegou a arma ela não pensou, não mirou e fez o disparo que acabou acertando o marido”, explica o advogado.

O advogado lembra que no momento os dois estavam sozinhos na residência, já que a filha do casal, uma adolescente de 13 anos, estava na casa da avó se despedindo para fazer a viagem para Maceió com os pais.

Itamara também contou ao delegado que desde 2009 o casamento não estava bem, porém, as agressões físicas teriam começado em 2014. No esclarecimento prestado a tenente-coronel falou que só não havia terminado o relacionamento ainda porque pensava na filha.

“Existiam relatos dentro da corporação da PM das agressões que ela sofria. Vamos verificar se há algo documentado ou era apenas diseres verbais”, conclui o delegado.

A tenente-coronel está presa em uma sala especial do Presídio Militar. No local não há mulheres presas e Itamara é vigiada por policiais mulheres. A defesa disse que nesta sexta-feira (15) vai entrar com um pedido na justiça para que o pedido de prisão preventiva seja revogado.

Relembre o caso
O crime aconteceu na residência do casal, na Avenida Brasil Central no Bairro Santo Antônio. Segundo a polícia, os dois militares teriam se desentendido e durante a briga a tenete-coronel da Polícia Militar efetuou dois disparos contra do marido, um deles atingiu o tórax da vítima. O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou o major para Santa Casa.

Depois do crime, a policial permaneceu dentro da residência ameaçando cometer suicídio. Familiares de Itamara, a advogada e o comandante do 1º BPM (Batalhão da Polícia Militar), major Ajala, foram até o local e conseguiram negociar para que ela se entregasse.

Para colegas de trabalho dos policiais, o caso surpreendeu, já que o casal era tranquilo. Itamara, que estava lotada no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, foi descrita pelos amigos como uma esposa amorosa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)