Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/02/2016 08:30

Brasileirão pode ter “árbitro de vídeo” ainda este ano

Gazeta Esportiva

O uso de tecnologia para auxiliar os árbitros brasileiros está cada vez mais perto de se tornar realidade. Nesta terça-feira, em reunião em Londres, a CBF apresentou seu projeto de “árbitro de vídeo” (AV) à IFAB (International Football Association Board), órgão responsável pelas regulamentação do futebol, e os testes poderão ser iniciados já no Campeonato Brasileiro deste ano.

O projeto será levado para votação na IFAB nos dias de 4 a 6 de março, em Cardiff, no País de Gales. Se a questão passar pelo crivo da entidade com pelo menos seis dos oito votos, a CBF terá cinco meses para adquirir os equipamentos, preparar os árbitros que ficarão no vídeo e ajustar questões logísticas para, aí sim, estrear a nova tecnologia como um teste no Brasileirão a partir de agosto.

Se aprovado o projeto, a Série A brasileira se tornará pioneira no uso de recursos visuais para auxiliar a arbitragem do futebol. Em outros esportes, como basquete, vôlei e tênis, o vídeo é parte crucial no trabalho dos árbitros.

“Sabemos que é impossível a seres humanos atingir o índice de erro zero na arbitragem. Queremos que o Brasil tome a liderança no processo de introdução da tecnologia no futebol e que sirva de referência para outros campeonatos no mundo”, disse o ex-presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, em setembro do ano passado, quando a CBF elaborou a pauta do projeto após diversas reclamações dos clubes brasileiros por conta de sucessivos erros de arbitragem no Brasileirão.

O que é o árbitro de vídeo (também conhecido como AV)?

O projeto define que, em cada partida, haverá um árbitro responsável por assistir à partida por um televisor e detectar possíveis “erros técnicos ou disciplinares claros e indiscutíveis” nos seguintes tipos de lance:

a) Dúvida se a bola entrou ou não no gol;
b) Saídas da bola pela linha de meta, quando na mesma jogada ou contexto for marcado gol ou pênalti;
c) Definição do local de tiros livres diretos, ocorridos nos limites da grande área, para definir se houve ou não pênalti;
d) Gols e pênaltis marcados, possibilitados e evitados em razão de erro em lances de faltas claras/indiscutíveis, não vistas ou marcadas de modo claramente equivocado
e) Impedimentos por interferência no jogo, caso na mesma jogada haja gol ou pênalti;
f) Jogo brusco grave ou agressão física (conduta violenta) indiscutíveis não vistos ou mal decididos pela arbitragem;

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)