Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/06/2014 15:16

Brasil vence Chile nos pênaltis e conquista vaga para as quartas

Campo Grande News
Brasil conquistou vaga nos pênaltis (Foto: Ian Walton/Fifa)Brasil conquistou vaga nos pênaltis (Foto: Ian Walton/Fifa)

Foi sofrido. O Brasil conquistou a classificação para as quartas de final nos pênaltis na tarde deste sábado (28), no Mineirão. Depois de duas defesas de Julio Cesar e uma cobrança na trave do Chile, a seleção vai enfrentar Uruguai ou Colômbia na próxima fase.

David Luiz, o zagueiro brasileiro, foi o primeiro a bater no gol e converteu a cobrança. Pelo lado chileno, Pinilla bateu e o goleiro Julio Cesar defendeu. O segundo brasileiro a cobrar foi William, que errou por muito depois de jogar no lado esquerdo de Bravo.

O segundo chileno a cobrar foi Sanchéz, que também parou na defesa de Julio Cesar. Pelo lado brasileiro, a vez era de Marcelo, que mandou para os fundos da rede do Bravo. O terceiro cobrador chileno foi Aranguiz que marcou o primeiro gol do Chile.

Na quarta cobrança, foi a vez de Hulk errar, ele bateu no meio e Bravo defendeu com os pés. O quarto chileno a cobrar o pênalti foi Marcelo Días, que converteu a cobrança. O último batedor brasileiro foi o craque Neymar, que acertou a cobrança no canto esquerdo do gol chileno.

O último chileno a bater no gol de Julio Cesar foi Gonzalo Jara, que parou na trave brasileira e deu ao Brasil a classificação para as quartas de final.

Prorrogação - Durante os 30 minutos da prorrogação, o Brasil foi outro. A seleção se movimentou, dominou a osse de bola e quase anulou o ataque chileno.

Apesar das tentativas, o Brasil não teve nenhuma chance que levou risco efetivo ao gol de Bravo. Com isso, a decisão ficou para os pênaltis.

Primeiro tempo - A partida começou com pressão brasileira. Logo aos 12 minutos, Hulk caiu na área e o estádio todo pediu pênalti, mas o árbitro Howard Webb ignorou. Em outra boa chance brasileira, Neymar partiu mano a mano no contra-ataque, mas demorou para driblar o adversário e perdeu a chance.

A explosão do Mineirão aconteceu aos 18 minutos quando David Luiz, o zagueiro que chegou a ser dúvida na partida por dores nas costas, marcou. Após cobrança de escanteio, Thiago Silva desviou de cabeça e a bola entrou depois de dividida entre David Luiz e Jara, a bola pareceu pegar na barriga do zagueiro.

Até os 30 minutos, a superioridade foi brasileira. Mas o Chile começou a se colocar no campo de ataque, mas a marcação brasileira funcionou bem até os 31 minutos.

Em cobrança de lateral de Marcelo, Hulk vacilou e acabou perdendo a bola para Vidal que tocou para Sánchez. O atacante marcou e empatou a partida. O Brasil passou por mais um sufoco já nos acréscimos, em duas boas chances chilenas. Mas o primeiro tempo terminou empatado.

Segunda etapa - Os 57,7 mil torcedores que compareceram ao Mineirão não viram uma brilhante atuação brasileira no segundo tempo. Aos 9 minutos, Hulk marcou, mas o árbitro Howard Webb anulou o gol porque considerou que o atacante dominou a bola no braço.

Mesmo com a saída de Fred para a entrada de Jô aos 18 minutos, o cenário não mudou e o Chile dominou a posse de bola. A melhor chance chilena foi aos 19 minutos quando Aránguiz apareceu livre na área e o goleiro Julio Cesar salvou a seleção

A boa chance do Brasil no jogo foi aos 28 minutos quando Jô recebeu bom cruzamento de Hulk, mas furou na pequena área.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)