Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Últimas Notícias

24/10/2005 12:53

Brasil questiona embargo da Indonésia ao farelo de soja

Fabiana Silvestre / Campo Grande News

O chefe do Departamento de Assuntos Sanitários e Fitossanitários da Secretaria de Relações Internacionais, Odilson Ribeiro, informa que o Brasil questionará na OMC (Organização Mundial do Comércio) a decisão da Indonésia de suspender as importações de produtos que não têm relação com a febre aftosa, como o farelo da soja.

Na última sexta-feira (21), Indonésia e Suíça comunicaram Ministério da Agricultura restrições comerciais ao Brasil devido à ocorrência da febre aftosa, elevando para 43 o número de países que anunciaram algum tipo de embargo a produtos brasileiros desde a confirmação do primeiro foco da doença em Eldorado, município à 435 km de Campo Grande.

Além de animais, produtos processados de animais e seus derivados (sem especificação de espécies), a Indonésia suspendeu também a compra de farelo de soja e matérias-primas, equipamentos, maquinaria e medicamentos. O embargo vale para todo o país.

A Suíça suspendeu as importações de artiodáctilos vivos (gênero que possui mais de 200 espécies entre as quais boi, cabra, camelo, o hipopótamo e porco) e seus produtos (carne e produtos à base de carne, miúdos naturais e alguns subprodutos animais). A medida vale para os estados do Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo.

Principal importador de carne bovina brasileira, a União Européia proibiu a entrada do produto procedente dos estados do Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. A Rússia, outro grande mercado do Brasil, deixou de comprar cortes de gado do MS. A Ucrânia bloqueou as carnes produzidas no MS e no Paraná, e a Noruega decidiu barrar os embarques do produto originário do MS, PR e SP.

Na América do Sul, a Argentina limitou as restrições aos animais, carnes, produtos e subprodutos frescos de espécies suscetíveis à aftosa dos municípios sul-matogrossenses de Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã e Mundo Novo. Paraguai e Bolívia suspenderam o comércio de animais suscetíveis à aftosa, produtos e subprodutos de todo o Mato Grosso do Sul, enquanto o Peru e o Uruguai proibiram a entrada de carne bovina e suína, produtos e subprodutos de todo o Brasil. As informações são do Globo Online.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 29 de Março de 2017
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
06:10
Loterias
Segunda, 27 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)