Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/04/2004 16:46

Brasil quer gerar energia elétrica a partir do etanol

Nádia Faggiani/ABr

O governo brasileiro quer utilizar etanol como combustível para energia elétrica. Foi o que informou a ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, à saída do Ministério das Relações Exteriores, após encontro com o ministro Celso Amorim e o secretário de Energia dos Estados Unidos, Spencer Abraham.

O Brasil participou da assinatura de um acordo multilateral de cooperação na área de energia em novembro do ano passado, quando a ministra Dilma Rousseff esteve nos Estados Unidos. O grupo é formado por 15 países. O Brasil é o único país signatário na América Latina.

Agora à tarde, a ministra recebe o secretário americano Spencer Abraham para acertarem detalhes sobre o acordo, em especial a questão de desenvolvimento da tecnologia do hidrogênio, biodiesel e etanol. "Vamos propor a eles um workshop para o segundo semestre deste ano sobre biomassa. A questão-chave é desenvolver a tecnologia do hidrogênio, que possui nível zero de emissão de gases e é mais eficiente", afirmou Dilma.

Segundo a ministra, a tecnologia de hidrogênio poderá substituir gás, diesel e gasolina em térmicas e automóveis, mas deverá ser necessário um prazo de 20 anos, em média, para que ela seja introduzida. "Isso é uma evolução tecnológica do porte da introdução da gasolina, que transformou todo o cenário tecnológico. Ao Brasil interessa estabelecer estudos comuns,
projetos e trocar conhecimento. Para se desenvolver na área de energia, é preciso atuar em todas as temporalidades, no curto, médio e longo prazo. Fazer isso, é preparar o Brasil para fazer face a essa tendencia de desenvolvimento tecnológico que, na área de energia, é o que há de mais
novo", diz Dilma.

Dilma Rousseff anunciou que o próximo passo será definir um cronograma de pesquisa e desenvolvimento técnico nos dois países para que o intercâmbio de tecnologia tenha início. O secretário de Energia dos Estados Unidos, Spencer Abraham, afirmou no início do encontro no Itamaraty, que desde julho do ano passado vem tentando agendar uma visita ao Brasil e que o
presidente americano George W. Bush "tem dado atenção especial ao Brasil na área de energia".

A cooperação na área de energia foi acertada em junho do ano passado entre os presidentes George W. Bush e Luiz Inácio Lula da Silva.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)