Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/11/2004 09:19

Brasil produz 850 mil toneladas de tabaco por ano

Irene Lõbo / ABr

O Brasil é o país que mais exporta tabaco no mundo e é o segundo maior produtor (850 mil toneladas que correspondem a US$ 1,5 bilhão ao ano), ficando atrás apenas da China (2 milhões de toneladas). A Índia, que está em terceiro lugar (700 mil toneladas), foi o único país entre os grandes produtores a assinar a Convenção-Quadro para Controle do Tabaco, proposta pela Organização das Nações Unidas, que estabelece regras rígidas contra o tabagismo.

Na opinião do presidente da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Hainsi Gralow, a Convenção-Quadro só poderá ser ratificada depois que for criada uma atividade substituta ao fumo que gere o mesmo rendimento aos agricultores.

"Poderemos experimentar diversas outras culturas indicadas pelo governo, mas para isso precisamos de um período de teste de dez anos para ver se realmente os produtos sugeridos são capazes de substituir o tabaco", afirma Gralow. Ele afirma que se o Brasil assinar o tratado neste momento, vai estar ratificando o acordo junto com países totalmente dependentes e que não produzem fumo.

Segundo a Afubra, um hectare de tabaco rende um receita em torno de R$ 8 mil a R$ 10 mil. A mesma quantidade de feijão plantada rende R$ 1.300, e de milho, R$ 1.200. Dados da associação indicam que o setor movimenta cerca de R$ 4 bilhões por ano no Brasil e garante o sustento de 200 mil agricultores da região Sul do país e de mais 30 mil na região Nordeste. A região Sul concentra 90% da produção, com cerca de dois milhões de hectares tomados pelo tabaco.

"Além disso, temos um mercado internacional altamente promissor para o fumo. Cerca de 80% do fumo produzido no Brasil é exportado, e nós não precisamos nos precipitar", complementa.

Hansi afirma que reconhece que o fumo causa problemas de saúde, mas chama a atenção para o problema social do fim do plantio de tabaco. "O fumicultor não planta fumo porque gosta de fumo, ele planta porque esta é a sua maneira de sobreviver".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)