Cassilândia, Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Últimas Notícias

07/06/2004 15:36

Brasil poderá ampliar as exportações de álcool

Agência Câmara

O Brasil poderá ampliar, consideravelmente, as exportações de álcool e outros combustíveis produzidos à partir de biomassas. Essa é uma das conclusões a que chegaram os parlamentares que participaram, durante a semana passada, da Conferência Internacional sobre Energias Renováveis, realizada em Bonn, na Alemanha.
A delegação brasileira na conferência teve a participação da ministra das Minas e Energia, Dilma Rousseff, e dos deputados Fernando Gabeira (sem partido-RJ); Gonzaga Patriota (PSB-PE); Mendes Thame (PSDB-SP) e Paulo Baltazar (PSB-RJ). A conferência reuniu mais de três mil pessoas de todo o mundo.

Mercado promissor
Os parlamentares brasileiros entendem que isso abre um mercado internacional promissor para o etanol, o álcool, como combustível para os carros. O deputado Fernando Gabeira afirmou que os resultados da Conferência são altamente positivos para os países em desenvolvimento. Eles poderão vender combustível renovável para vencer a pobreza. A Conferência sobre energias renováveis, segundo afirmou Fernando Gabeira, decretou o fim da economia baseada no petróleo. "Nós chegamos à conclusão, opinião dominante na Conferência, que a economia baseada no petróleo está chegando ao fim. Parte porque os preços são cada vez maiores, parte porque as reservas já não são mais tantas e parte também pela capacidade do petróleo trazer tantas guerras ao mundo. Compreendeu-se também a importância de passar para outra economia por causa do aquecimento global. As declarações foram todas no sentido de incentivar o uso de energia renovável: o sol, o vento, a biomassa cada vez mais", avaliou o deputado.
O deputado Fernando Gabeira disse também que durante a Conferência Internacional Sobre Energias Renováveis, o Banco Mundial anunciou que aumentará em 20% os seus financiamentos destinados à produção de energias limpas.



Reportagem - Allan Pimentel
Edição - Ana Felícia


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Abril de 2017
Segunda, 24 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)