Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/06/2004 08:28

Brasil não pretende renovar acordo com o FMI

Agência Brasil

O Brasil não pretende renovar o acordo firmado com o Fundo Monetário Internacional (FMI), que vence no final deste ano. Segundo o secretário do Tesouro Nacional, Joaquim Levy, o Fundo tem sido um “parceiro excelente” do Brasil, mas a intenção do governo é não renovar o acordo. O secretário ressaltou, porém, que o governo não vai tomar decisão que ponha em risco “os avanços conquistados” pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, especialmente o ajuste fiscal. Ontem, o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, também sinalizou que o Brasil não pretende renovar o acordo. “A princípio nosso acordo acaba entre o final deste ano e o início do ano que vem”, revelou Palocci.

Levy disse ainda ser prerrogativa do governo brasileiro, e não do FMI, a responsabilidade fiscal do país. “É um compromisso nosso. Não precisamos do Fundo para saber qual a nossa responsabilidade fiscal. O nosso balanço externo está mais que ajustado. Temos que continuar trabalhando”, enfatizou.

Em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, o secretário do Tesouro mostrou aos parlamentares que o governo superou em R$ 6 bilhões a meta de superávit primário prevista para o primeiro quadrimestre do ano, mesmo com déficit nas empresas estatais calculado em R$ 1 bilhão.

Na avaliação do secretário, o governo conseguiu superar as expectativas por ter cumprido as metas fiscais, assim como por ter mantido a execução orçamentária próxima aos limites das despesas na área social – já que, segundo Levy, os ministérios da área social gastaram 95,5% do Orçamento previsto para o primeiro quadrimestre deste ano, enquanto as demais pastas executaram apenas 68,6%.

A intenção do governo brasileiro, de acordo com Levy, não é aumentar a meta de superávit primário, prevista para 4,25% até 2006. “Eu acho que a verdadeira segurança do Brasil é limitar o gasto corrente. Foi uma decisão clara e corajosa do governo dar prioridade agora ao investimento.E também não ficar fazendo iôiô de superávit primário”, afirmou.

O aumento no déficit da Previdência, segundo o líder, também foi o motivo que levou o presidente Lula a não conceder um reajuste maior no salário mínimo. Joaquim Levy explicou que o mínimo acima de R$ 260 significaria aumentar em R$ 2 bilhões o déficit da Previdência. “Mesmo que algumas fontes alternativas existissem, no fundo a questão era usar essas eventuais fontes para cobrir o déficit adicional da Previdência ou priorizar os investimentos”, acrescentou.

Segundo o secretário, no primeiro quadrimestre de 2004 o valor do déficit da Previdência foi mantido, já que o acréscimo de R$ 343,7 milhões nas despesas dos benefícios em decorrência do aumento de R$ 20 no salário mínimo foi contrabalançado pela elevação das receitas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)