Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/07/2004 14:26

Brasil não pretende limitar importações da Argentina

Stefan Barth / ABr

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse hoje que o governo brasileiro não pretende tomar nenhuma decisão sobre as sugestões que vem recebendo de estabelecer cotas para a importação de trigo, arroz, vinho, cebola e alho da Argentina, como forma de responder à atitude do governo daquele país com os eletrodomésticos. Ele revelou, no entanto, que vai levar a questão para Buenos Aires, onde se reúne com os parceiros do Mercosul.

A informação foi dada durante o lançamento da Câmara Temática de Financiamento e Seguro do Agronegócio, criada para facilitar e aperfeiçoar a forma com que recursos e novas idéias ou tecnologias chegam ao campo. Além disso, a câmara também vai atuar para conseguir financiamentos da área privada para o setor.

Segundo o ministro, o setor precisa de R$ 52 bilhões em subsídios e o governo dispõe de apenas 70% desse total. Ele explicou que o aumento da demanda se deve à ampliação da área plantada, somada ao maior custo dos insumos agrícolas, que tornaram o Estado incapaz de financiar adequadamente o setor. Assim, conforme Rodrigues, ao invés de o governo ser um trampolim para o avanço econômico, se torna um freio. A câmara também terá como objetivo direcionar investimentos em logística, como portos e outros meios de escoamento da produção.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)