Cassilândia, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

21/03/2004 18:06

Brasil faz pacto para combater mortalidade materna

Campo Grande News

O governo federal assinou protocolo de intenções com secretários municipais e estaduais de saúde para reduzir as mortalidades materna e neonatal nas 27 unidades da federação e nos mais de 5,5 mil municípios do Brasil. O objetivo é reduzir as mortalidades em 15% até o final de 2006.
Em todo país, a cada 100 mil nascidos vivos, ocorrem 74,5 mortes de mulheres. No caso das crianças, a cada mil nascidos vivos, 18,3 morrem nos primeiros 28 dias de vida.
As ações propostas pelo Ministério da Saúde para reduzir os índices incluem:

- articular programas governamentais, como os de Saúde da Mulher, da Criança, do Adolescente, Programa de Saúde da Família, Urgência e Assistência Farmacêutica;

- estimular a participação dos conselhos estaduais e municipais de saúde na definição de conteúdos e estruturação do pacto nacional;

- qualificar e humanizar a atenção ao parto, ao nascimento e ao aborto legal;

- assegurar à gestante o direito ao acompanhamento antes, durante e depois do parto, incluindo alojamento conjunto;

- garantir que mulheres e recém-nascidos não sejam recusados nos serviços de saúde e que sejam assistidos até a transferência para outra unidade;

- aderir à iniciativa “Primeira Semana: saúde integral”, que intensificará o cuidado com o recém-nascido e a puérpera na primeira semana após o parto (aleitamento materno, vacinas, Teste do Pezinho, orientação para contracepção e agendamento de consultas);

- dar às mulheres acesso ao planejamento familiar;

- apoiar ações de suporte social para gestante e recém-nascidos de risco.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Novembro de 2017
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Domingo, 19 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)