Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

Últimas Notícias

03/09/2004 14:12

Brasil exporta carne ''in natura'' para Estados Unidos

Maurício Cardoso/ABr

Até meados de 2005, o Brasil deve iniciar a exportação de carne bovina “in natura” para os Estados Unidos e abrir novos mercados para o produto brasileiro, sobretudo entre os países asiáticos. De acordo com o presidente do Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da Confederação Nacional da Agricultura, Antenor Nogueira, o sucesso das negociações com os Estados Unidos vai contribuir para a abertura de novos mercados que se baseiam nas análises sanitárias americanas para a importação de carne. É o caso do Japão, por exemplo, que só compra de países que exportam para os Estados Unidos.

O próximo passo, segundo Antenor Nogueira, será a derrubada das barreiras tarifárias que inviabilizam o acesso da carne brasileira aos chamados “tigres asiáticos”, atualmente os maiores compradores de carne do mundo. “Ainda existem barreiras que proíbem que o Brasil tenha acesso a esses mercados”, lamentou. Neste ano, o Brasil deve exportar 1,6 milhão de toneladas de carne bovina, com um faturamento acima de US$ 2 bilhões.

Nogueira explicou que, apesar de ser o maior exportador mundial de carne bovina, o Brasil ainda está fora de 60% do mercado consumidor internacional. “Exportamos para 104 países que representam 40% do mercado mundial. Ainda não participamos de 60% do mercado”. Ele garantiu que o Brasil tem os principias requisitos para conquistar novos mercados e triplicar sua participação no mercado - qualidade, pontualidade e reconhecimento internacional.

“Temos uma carne natural, praticamente orgânica. Uma carne feita em pastagens, sem antibiótico, sem hormônios e com maior segurança alimentar. E é isso que o consumidor mundial deseja”, ressaltou. O clima brasileiro, com períodos de chuva e de seca bem definidos, é outra vantagem para o gado nacional. “O clima contribui para que vários tipos de doenças, infecções e outras endemias não sejam considerados dentro do nosso território”, explicou Antenor Nogueira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 22 de Março de 2017
21:53
Cassilândia
20:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)