Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/08/2008 07:46

Brasil enfrenta Argentina em busca da vaga; a história

CBF News

O confronto entre os dois grandes rivais nesta terça-feira, no Estádio dos Trabalhadores, tem a marca da decisão. Brasil e Argentina se enfrentam às 21 horas (10 horas de Brasília) em busca de uma vaga na final das Olimpíadas de Pequim 2008 em jogo que, se terminar empatado no tempo normal e na prorrogação, o finalista será conhecido na cobrança de pênaltis. O uruguaio Martin Vazquez será o árbitro..

A Seleção Brasileira luta por um ouro inédito, que escapou nas finais de 1984, em Los Angeles, e em 1988, em Seul. A Argentina busca o bicampeonato, ouro que foi em Atenas 2004. O confronto, sempre equilibrado, será a grande atração do dia nas Olimpíadas de Pequim.

O time dirigido por Dunga chega à final credenciado por uma campanha invicta, com quatro vitórias em quatro jogos, e uma defesa que não sofreu gol.

- O time está preparado para fazer um grande jogo. Mas o que conta é a verdade do campo, mostrar na prática que tem condições de chegar à final - disse o técnico Dunga.

O despertar dos jogadores do Brasil na manhã desta terça-feira, na Vila Olímpica, será livre. O técnico Dunga e o assistente técnico Jorginho farão às 18h15 (7h5 de Brasília), a preleção para o jogo contra a Argentina.

No único jogo em Olimpíadas, vitória do Brasil por 1 a 0

Na única vez que se enfrentaram em uma partida de Olimpíadas, em Seul 1998, o Brasil venceu por 1 a 0, gol de Geovani.

Veja a ficha do jogo

BRASIL 1 x 0 ARGENTINA
Data: 25 de setembro de 1988.
Local: Estádio Tongdaemun, em Seul (Coréia do Sul).
Público: 21.857 pagantes.
Árbitro: Kurt Rothlisberger (SUI). Assitentes: Keith Stuart Hackett (ING) e Shizuo Takada (JAP).
Cartão Amarelo: Luiz Carlos Wnck e Geovani.
Gol: Geovani, aos 76.


BRASIL: Taffarel (Internacional-RS); Luiz Carlos Winck (Internacional-RS), Aloísio (Internacional-RS), André Cruz (Ponte Preta-SP) e Jorginho (Flamengo-RJ); Ademir (Cruzeiro-MG), Andrade (Flamengo-RJ) e Geovani (Vasco da Gama-RJ); Mílton (Coritiba-PR) depois Careca (Cruzeiro-MG), aos 65, Romário (Vasco da Gama-RJ) e Bebeto (Flamengo-RJ).Técnico: Carlos Alberto Silva.


ARGENTINA: Luis Alberto Islas, Nestor Lorenzo, Mario Lucca, Pedro Monzon e Nestor Fabbri (Carlos Alberto Mayor, aos 65); Dario Sivisky, Hernán Diaz e Hugo Perez (Alejandro Russo, aos 80); Jorge Alberto Comas, Mauro Aires e Carlos Alfaro Moreno. Técnico: Carlos Pachamé.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)