Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

29/10/2011 04:38

Brasil é ultrapassado por Cuba no quadro de medalhas do Pan

Agência Brasil

Brasília – Brasil e Cuba travam uma disputa particular pela segunda colocação no quadro de medalhas dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México. A liderança é dos Estados Unidos com 217 medalhas conquistadas até agora, sendo 84 de ouro, 76 de prata e 57 de bronze.
Ontem (28), os cubanos ganharam 13 ouros contra seis do Brasil e assumiram o segundo lugar nos Jogos. As medalhas de ouro do Brasil vieram do atletismo, do judô, da ginástica artística e do caratê. O Brasil está em terceiro com 128 medalhas (45 de ouro, 31 de prata e 52 de bronze). Cuba tem 121 medalhas no total, sendo 50 de ouro, 30 de prata e 41 de bronze.
No atletismo, a vitória brasileira veio no revezamento 4x100 metros: tanto no masculino como no feminino. O conjunto formado por Alison Feitosa, Sandro Viana, Nilson André e Bruno Lins não teve dificuldade para superar os corredores de São Cristóvão e Nevis, país que ficou com a prata.
No feminino, o ouro foi conquistado pelas atletas Ana Cláudia Lemos, Vanda Gomes, Franciela Krasucki e Rosângela Santos. As brasileiras venceram com o tempo de 42 segundos e 85 décimos, novo recorde nacional. A medalha de prata foi para o conjunto dos Estados Unidos.
No judô, Bruno Mendonça venceu por ippon o argentino Alejandro Clara, na final da categoria leve (até 73 quilos). Já Leandro Cunha derrotou o americano Kenneth Hashimoto, também por ippon, na categoria meio-leve (até 66 quilos).
O ouro de ontem na ginástica artística veio com Diego Hypolito, na prova de salto sobre a mesa. Ele venceu o chileno Enrique Tomás González. Foi a terceira medalha dourada do brasileiro no Pan de Guadalajara. Ele já havia conquistado a pontuação máxima na prova de solo e na de conjunto por aparelho.
Lucélia de Oliveira também ganhou ouro para o Brasil. Ela derrotou, no caratê (até 68 quilos), a mexicana Yadira Lira, numa luta que acabou 0 a 0 e foi decidida pelos árbitros. Os torcedores mexicanos não concordaram com a decisão dos juízes e vaiaram a brasileira.

Edição: Aécio Amado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)