Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

01/04/2005 08:16

Brasil e Paraguai intensificam fiscalização na fronteira

Lúcia Nórcio/ABr

A manhã de ontem foi de tumulto na fronteira do Brasil com o Paraguai. Dezesseis ônibus que transportavam contrabando foram apreendidos pela Receita Federal durante a madrugada na BR 277, que liga Foz do Iguaçu a Curitiba. Houve desespero entre os sacoleiros que tiveram suas mercadorias encaminhadas para o depósito da Receita em Foz do Iguaçu. .

Desde o final do ano passado, Receita Federal, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal intensificaram a fiscalização sobre o contrabando e a pirataria na fronteira entre os dois países. Aumentou também a fiscalização sobre os sacoleiros, pessoas que compram produtos em Ciudad del Este, no Paraguai, e entram no Brasil pela Ponte da Amizade. Comerciantes paraguaios, sacoleiros e o governo do Paraguai defendem o aumento do limite de compras de US$ 150,00 para US$ 500, como forma de evitar que pessoas tentem entrar no Brasil com mercadorias contrabandeadas.

Segundo dados divulgados pela Receita Federal, cerca de R$ 5 bilhões em mercadorias contrabandeadas entram no país todos os anos, fruto do trabalho ilegal de 120 mil brasileiros.

Do lado paraguaio da fronteira, a fiscalização também ficou mais rígida nos últimos quinze dias. Oficiais armados têm acompanhado o trabalho do Serviço de Migração do Paraguai. O governo não pretende, no entanto, impedir a entrada de turistas ou pessoas que vão fazer compras no país.

O Serviço de Migração tenta oficializar a situação de pelo menos 5 mil brasileiros que atravessam a fronteira diariamente para trabalhar em uma das seis mil lojas de Ciudad del Este. O Ministério do Interior quer registrar todos os trabalhadores brasileiros no Paraguai, com ou sem documentos oficiais, e dar um prazo para que a situação seja legalizada. A lei exige que, para ter um emprego no Paraguai, o estrangeiro more no país.

A prefeitura de Foz do Iguaçu, no Paraná, estima que a medida poderá deixar 30 mil pessoas sem renda. O número poderá chegar a 90 mil, se forem somados a região de Alto Paraná, no Paraguai, e os municípios brasileiros vizinhos à fronteira.

De acordo com o prefeito de Ciudad del Este, Javier Zacarias, o governo do Paraguai não quer o país associado à pirataria, à falsificação e ao contrabando, por isso reforçou a fiscalização na fronteira, que deverá reprimir também o tráfico de drogas.

Atualmente, o governo brasileiro investe no fortalecimento da Receita Federal, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal da região. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá inaugurar em Foz do Iguaçu "uma super delegacia" da PF, segundo informou o ministro da Justiça, Márcio Thomas Bastos, em evento no Rio de Janeiro.

A Hidrelétrica de Itaipu também participa do esquema de segurança na fronteira. Comprou 3 lanchas blindadas e superequipadas para a PF patrulhar o seu lago, de Foz a Guairá, e está construindo uma sede para abrigar o Núcleo de Polícia Marítima que vai ficar responsável pela fiscalização no lago.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017
20:33
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)