Cassilândia, Domingo, 22 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

25/05/2005 13:41

Brasil e EUA se unem para evitar atentados terroristas

ACS - SRF

Brasil e Estados Unidos estão fortalecendo os acordos bilaterais para combater a atuação de grupos terroristas nas operações de comércio internacional. A primeira medida foi tomada nesta terça-feira (24) com a assinatura da Declaração de Princípios pela Receita Federal brasileira e a Embaixada dos EUA no Brasil.

O acordo permitirá que as cargas embarcadas no Porto de Santos com destino aos EUA sejam previamente identificadas e inspecionadas. As autoridades brasileiras e norte-americanas reconhecem que o grande volume de mercadorias comercializadas entre os dois países foi um dos motivos que os levaram a ampliar os termos de cooperação já existentes.

O Porto de Santos é o maior da América do Sul, o que o torna um local estratégico para a inspeção de cargas destinadas aos Estados Unidos. O acordo faz parte da Iniciativa de Segurança de Contêineres (CSI), cujas principais medidas começaram a ser colocadas em prática após os atentados terroristas de 11 de setembro nos EUA.

O acordo prevê troca de informações e adoção de medidas conjuntas entre as áreas aduaneiras do Brasil e dos EUA. O objetivo é assegurar, o mais cedo possível, a identificação e a verificação de contêineres suspeitos. As equipes de fiscalização vão utilizar equipamentos de inspeção não-invasiva e aplicar lacres para preservar a segurança da carga.

A Declaração de Princípios estabelece ainda que funcionários da aduana brasileira sejam alocados, em caráter experimental, nos portos norte-americanos, principalmente no Porto de Miami. Ao mesmo tempo, os EUA vão enviar servidores de lá para atuar no Porto de Santos.

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, diz que o Brasil condena todas as formas de terrorismo. “A cooperação firmada com a assinatura da Declaração de Princípios é o primeiro passo para deter a atividade terrorista”, avaliou o secretário.

O comissário Robert Bonner, da Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA, afirma que a decisão do Brasil de assinar o acordo “reforça as ações americanas para prevenir a entrada de terroristas e de suas armas”.

Segundo Bonner, ao apoiar a iniciativa de segurança de contêineres, o Brasil adotou medidas de salvaguarda do comércio marítimo global. “A segurança geral proporcionada pela CSI continua a se expandir e a se fortalecer com a inclusão do Porto de Santos”, define.

A Declaração de Princípios foi assinada pelo secretário da Receita, Jorge Rachid, e pelo embaixador dos EUA no Brasil, John Danilovich, representando a Alfândega e Proteção de Fronteiras daquele país.

Assessoria de Imprensa da SRF

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)