Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/06/2015 08:01

Brasil é castigado na prorrogação e perde título para a Sérvia

Gazeta Esportiva

O Brasil perdeu a chance de comemorar seu sexto título mundial na categoria sub-20. Na madrugada deste sábado, a equipe do técnico Rogério Micale lutou, jogou a sua terceira prorrogação no torneio, mas foi derrotada pela Sérvia por 2 a 1, no estádio North Harbour, em Auckland (Nova Zelândia).

O gol da vitória dos europeus foi marcado por Maksimovic, aos 13 minutos do segundo tempo da prorrogação. Em um momento em que a partida estava aberta, a Seleção Brasileira foi castigada por um contra-ataque nas costas de sua zaga e não teve como reagir.

Com o resultado, a Sérvia conquista, como nação independente, seu primeiro título mundial na categoria sub-20. A Iugoslávia havia faturado a competição em 1987. O Brasil, por sua vez, amarga o quarto vice-campeonato – a Argentina segue como maior campeã, com seis conquistas.

Depois do terrível desempenho no Sul-Americano do começo do ano, com o quarto lugar, o resultado do time brasileiro pode ser considerado positivo em função dos diversos problemas registrados na preparação. Na véspera do Mundial, o técnico Alexandre Gallo foi demitido e, de forma emergencial, Rogério Micale assumiu o grupo convocado por seu antecessor.

O Jogo

A Sérvia apostou na força física de seus atletas para tentar surpreender no início. Na primeira investida pelo alto, o cruzamento de Zivkovic passou com perigo na área brasileira, mas não houve o complemento em direção ao gol da jogada.

O lance não deixou a equipe brasileira assustada. A partir daí, o time canarinho passou a ter o domínio e criou duas boas chances. Na primeira, aos nove minutos, o arremate de Jean Carlos foi espalmado por Rajkovic. Pouco depois, o arqueiro sérvio teve participação decisiva na conclusão de Gabriel Jesus, depois de linda jogada individual.

O Brasil chegou mais duas vezes, sem tanto perigo, antes de o jogo ficar mais equilibrado. Depois dos 25 minutos, as defesas se apresentaram mais sólidas e as finalizações vieram basicamente de longa distância, sem tanto perigo.
Mas, pouco antes do intervalo, em um escanteio, a Sérvia criou a sua melhor chance na etapa inicial. Milinkovic cabeceou com extrema liberdade, mas presenciou um verdadeiro milagre do goleiro Jean.

Mais emoção e gols

Recuperado do susto, o Brasil iniciou o segundo tempo novamente com um ritmo forte. Aos três minutos, no rebote de Rajkovic, Danilo perdeu uma chance incrível na marca do pênalti, arrematando por cima do gol.
Rapidamente, a Sérvia voltou a equilibrar as ações e causar alguns transtornos. Preocupado, o técnico Rogério Micale promoveu a entrada de Andreas Pereira no meio-campo. Sacrificado, Boschilia saiu irritadíssimo de campo e chutou até um objeto no banco de reservas.

A queda de rendimento brasileira se acentuou: a Sérvia aproveitou e abriu o placar. Aos 24 minutos, após cruzamento da direita, João Pedro cochilou na marcação e permitiu Mandic completar livre na pequena área. Para alívio de Rogério Micale, a Seleção empatou três minutos depois, na jogada individual de Andreas Pereira, que demonstrou talento para driblar na esquerda e arrematou firme, cruzado, sem chances para o goleiro adversário.

No fim do tempo regulamentar, Andreas Pereira poderia ter sido o herói completo da Seleção Brasileira. Mas a cobrança de falta do meia esbarrou no goleiro Rajkovic, autor de uma defesa espetacular no canto esquerdo.

Prorrogação e castigo

A busca pelo gol foi a tônica dos times no tempo extra, junto com a chegada de uma chuva fortíssima. Sobretudo no segundo tempo da prorrogação, os times partiram para o jogo franco e agradou a torcida. Contudo, o Brasil foi castigado e, no contra-ataque, levou o gol. Maksimovic foi acionado por Zivkovic nas costas da zaga e tocou na saída de Jean: 2 a 1.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)