Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

01/12/2004 15:40

Brasil e Argentina precisam se aproximar, diz Alencar

Agência Câmara

O vice-presidente da República e ministro da Defesa, José Alencar, disse hoje pela manhã, no seminário binacional "Brasil-Argentina: Por uma Agenda de Cooperação em Defesa, Segurança e Paz", que os dois países, como parceiros e líderes da América do Sul, têm a obrigação de manter uma aproximação. "São duas economias que se complementam; em determinados setores elas estão também competindo, mas se nos conhecermos melhor e afastarmos as resistências, será bom para os dois povos", afirmou José Alencar.
O presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, deputado Carlos Melles (PFL-MG), abriu o evento lembrando que Brasil e Argentina passaram por longos anos de ditadura, e que a instituição "Ministério da Defesa" é nova para os dois países, que antes tinham ministérios das três Forças Armadas - Marinha, Exército e Aeronáutica.
Carlos Melles ressaltou que a intenção do seminário é estreitar ainda mais as relações entre Brasil e Argentina. "O seminário busca não só a segurança, mas também a paz e a proteção dos países em um mundo globalizado, complicado pelo terrorismo, complicado nas fronteiras, complicado com a segurança de um modo geral. Pretendemos construir uma segurança melhor para os dois países e para a nossa região", disse.
O seminário tem prosseguimento agora à tarde e encerra-se amanhã. É promovido pelas comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara e do Senado; pelas Comissões de Defesa e de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados da Argentina; pelos ministérios da Defesa dos dois países; e pelo Grupo Parlamentar de Amizade Brasil-Argentina.
Participaram da abertura do seminário o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Jorge Armando Félix; o chefe de gabinete do Ministério da Defesa argentino, Ernesto Lopez; e o embaixador da Argentina no Brasil, Juan Pablo Lohlé. Uma mesa redonda debateu, pela manhã, a defesa e a segurança no Legislativo. Agora à tarde estão sendo debatidos os novos conceitos sobre segurança e as novas ameaças para a América do Sul.



Reportagem - Beto Rosemberg
Edição - Luiz Claudio Pinheiro


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)