Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/08/2004 08:08

Brasil disputa quatro medalhas de ouro

Comitê Olímpico Brasileiro

ATENAS - O Brasil encerrou esta segunda-feira, dia 23, em Atenas, com três medalhas garantidas nos Jogos Olímpicos, faltando apenas definir se serão de ouro ou de prata. O vôlei de praia classificou duas duplas, Adriana Behar/Shelda e Ricardo/Emanuel, para a final. Adriana e Shelda deram um "troco parcial" pela derrota na decisão dos Jogos de Sydney-2000 ao ganharem da australiana Nathalie Cook - que as venceu na disputa pelo ouro na Austrália, ao lado de Kerri Pottharst - e sua nova parceira, Nicole Sanderson, na semifinal desta segunda. Mais tarde, Ricardo e Emanuel tiveram de vencer os suíços Heuscher e Kobel em um tie-break tenso para assegurar sua vaga na decisão. A disputa feminina pelo primeiro lugar será nesta terça-feira, dia 24, às 21h, contra as americanas Walsh e May. Já o confronto dos homens está marcado para a quarta-feira, dia 25, contra os espanhóis Bosma e Herrera. Ricardo, que chegou à final em 2000 ao lado de Zé Marco e perdeu para os americanos Blanton e Fonoimoana, também terá mais uma chance de buscar o ouro, mas já garantiu a primeira medalha masculina do vôlei de praia brasilerio.

A outra disputa de ouro ficará a cargo do futebol, que derrotou a Suécia por 1 a 0 no Estádio Pampeloponnisiako, na cidade de Patras. Com este resultado, as brasileiras enfrentarão os Estados Unidos, quinta-feira, dia 25, em Atenas. O Brasil chega pela primeira vez à disputa da medalha de ouro na competição feminina. Em Atlanta-96 a equipe perdeu para a China (3 a 2) e, em Sydney-2000, foi derrotada pela Alemanha na semifinal, por 2 a 0. Nas duas oportunidades o Brasil perdeu a decisão do bronze. Agora, já garantiu sua primeira medalha na história dos Jogos Olímpicos.

Quem também disputará o ouro é o velejador Ricardo Winicki, o Bimba, que terminou o dia, após duas regatas, como o líder da classe mistral da vela, em Agios Kosmas. Restando apenas uma a ser disputada, a 11a., na quarta, ele precisa chegar em terceiro para garantir o primeiro lugar sem depender de resultados dos seus adversários. Faltando mais regatas para o fim da disputa (cinco), o barco brasileiro da classe star, tripulado por Torben Grael e Marcelo Ferreira, também lidera a classificação geral. Na 49er, André Fonseca e Rodrigo Duarte estão em sexto lugar, com uma regata realizada nesta segunda (a 12a de 16). Carolina Borges, da mistral, está em 25o, com 10 de 11 regatas disputadas, e Mauricio Santa Cruz e João Carlos Jordão, da tornado, ocupam a 17a posição, com 6 de 11 regatas.

Depois de garantir o melhor resultado da ginástica brasileira no individual por aparelho, chegando a uma final do solo e ficando entre as oito melhores, Daiane dos Santos, campeã mundial do aparelho, ficou em quinto na decisão desta segunda-feira. A brasileira cometeu alguns erros em sua apresentação, pisando fora da área delimitada para a exibição, o que lhe custou uma medalha.

César Castro garantiu classificação para as semifinais do trampolim de 3 metros, uma das modalidades dos saltos ornamentais, ao terminar em nono lugar a fase eliminatória no Centro Aquático. Os 18 melhores da disputa seguiram adiante na competição e serão definidos nesta terça-feira, dia 24. O canoísta Sebastián Cuattrin também se classificou para uma semifinal, no K1 1000m. Ele ficou em quinto em sua bateria na eliminatória disputada no Centro Olímpico de Remo e Canoagem, em Schinias.

Se a fase eliminatória do dueto tivesse terminado nesta segunda, as gêmeas Carolina e Isabela de Moraes estariam entre as 12 duplas classificadas para a final. Após a rotina técnica, realizada no Centro Aquático, as brasileiras terminaram na 12a posição, com 45.167 pontos. Exatamente 12 duetos passam à decisão.

Classificada para as quartas-de-final antecipadamente, a Seleção Brasileira feminina de handebol perdeu para a da China por 28 a 23 (13 a 11 no primeiro tempo), no Pavilhão de Esportes. Com o resultado, o Brasil terminou em quarto lugar no grupo A e enfrentará o primeiro da chave B - a Coréia do Sul, na quinta-feira.

Com a primeira posição do grupo garantida, o time masculino de vôlei do Brasil perdeu a invencibilidade nos Jogos, ao ser derrotado pelos Estados Unidos, por 3 a 1 (22/25, 23/25, 25/18 e 25/22), no Ginásio da Paz e Amizade. Os brasileiros vão enfrentar a Polônia pelas quartas-de-final, na quarta-feira.

No Estádio Olímpico, Lucimar Moura se classificou para a segunda eliminatória dos 200m rasos mas não conseguiu chegar à semifinal. Alessandra Picagevicz foi a 48a colocada na marcha atlética de 20km

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)