Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/08/2008 08:08

Brasil deve ganhar 15 medalhas, mas já perdeu uma

EBC/ABr

Cinco medalhas de ouro, quatro de prata e seis de bronze. Este é o número de medalhas que o Brasil deve trazer para o país das Olimpíadas 2008, segundo a revista norte-americana “Sports Illustrated”. Elaborado pelo colunista Brian Cazeneuve, o ranking apresenta o futebol masculino brasileiro em segundo lugar. A medalha de ouro ficaria com a seleção argentina. No vôlei, o Brasil teria o melhor desempenho olímpico. A classificação sugere ouro no masculino e feminino em quadra, além de uma prata e um bronze com os homens na areia.

Caso as previsões da publicação se confirmem, o desempenho global do Brasil deve ser o melhor da história. As apostas para os medalhistas de todas as 302 provas já virou tradição do periódico americano às vésperas das olimpíadas. As previsões são feitas com base nos últimos resultados dos favoritos e entrevistas de especialistas em cada uma das 34 modalidades.

De acordo com a revista, os três países primeiros colocados nas Olimpíadas de Atenas em 2004 mudam de posição. Desta vez, os Estados Unidos não ficariam no topo da lista. No lugar deles, a anfitriã China ocuparia a primeira posição com pelo menos 49 medalhas de ouro, 17 a mais que nas olimpíadas passadas. Os EUA, por sua vez, conquistariam 45 medalhas douradas, dez a mais que em 2004. A Rússia, terceiro lugar nas Olimpíadas de Atenas, somaria ao final desta competição 27 ouros.

Segundo a revista norte-americana, as outras condecorações de ouro do Brasil viriam com Diego Hypolito na ginástica artística na prova de solo, no judô (categoria até 81kg) com Tiago Camilo e no atletismo com Maurren Maggi no salto a distância. Já as medalhas de prata seriam conquistadas pelo judoca João Derly na categoria 66 quilos, na vela com Robert Scheidt e Bruno Prada, além do futebol masculino. Os medalhistas brasileiros de bronze seriam os judocas Luciano Corrêa (100kg) e João Gabriel Sclittler (+ de 100kg), Natália Falavigna no taekwondo, Jadel Gregório no salto triplo e com as mulheres no futebol.

O problema é que, pelo menos até agora, uma prata o Brasil já perdeu. João Derly foi eliminado no judô após lutar apenas duas vezes. Restam ainda 14 medalhas para confirmarmos os prognósticos de quem aposta em nós.

enviado por Carlos Molinari

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)