Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/06/2004 12:55

Brasil bate recorde na exportação de produtos lácteos

Agência Brasil

O Brasil obteve receitas de US$ 7,3 milhões com as exportações de leite e seus derivados, no mês passado, com crescimento de 188,7% sobre os US$ 2,5 milhões registrados em maio do ano passado. Isso porque o volume vendido lá fora também aumentou 115,6%. Foram 4,9 mil toneladas de produtos lácteos, no mês passado, contra 2,3 mil toneladas no mesmo mês de 2003.

Os números foram apresentados hoje pelo presidente da Comissão Nacional da Pecuária de Leite (CNPL) da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rodrigo Alvim. Ele atribui esse recorde histórico nas exportações dos derivados de leite ao contrato de fornecimento que o país tem com a Organização das Nações Unidas (ONU) para abastecimento do mercado iraquiano.

Do total das exportações de maio, US$ 3,1 milhões foram obtidos em vendas de leite em pó para o Iraque, com o produto já fracionado e pronto para o consumo, que tem maior valor agregado, de acordo com Rodrigo Alvim. Isso fez com que as exportações acumuladas janeiro-maio rendessem US$ 23,8 milhões, o que equivale a aumento de 106% a mais que os US$ 11,5 milhões contabilizados em igual período de 2003.

O dirigente da CNA explicou que além de exportar mais produtos lácteos, o Brasil ampliou a remessa de produtos com maior valor agregado, como leite em pó fracionado e queijos especiais. Essa mudança de perfil, segundo ele, fez com que o faturamento com as vendas crescesse em ritmo mais acelerado do que o aumento dos volumes exportados.

Caso essa tendência, que vem se configurando desde 2001, se mantenha, ele estima que o Brasil terá, este ano, pela primeira vez, uma receita líquida no setor. Pelos seus cálculos, as exportações brasileiras de hoje, para quase 40 países, serão equivalentes a 400 milhões de litros de leite, contra importações de 350 milhões de litros, o que acarretará saldo em torno de US$ 5 milhões.

Ao mesmo tempo em que aumenta as exportações de lácteos, o mercado interno reduz as importações nesse segmento. As compras externas de produtos lácteos somaram US$ 8,3 milhões em maio, com queda de 17,2% em comparação com os US$ 10,1 milhões em maio do ano passado. No acumulado janeiro-maio as importações chegaram a US$ 30,4 milhões, ou 44,3% a menos que o desembolso de US$ 54,5 milhões no mesmo período de 2003.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)