Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/12/2005 10:01

Braga e Dagoberto ficam no governo até março

João Prestes/Campo Grande News

A executiva estadual do PDT decidiu, em reunião realizada ontem à noite na sede do diretório regional, que os atuais secretários de Produção e Turismo, Dagoberto Nogueira, Justiça e Segurança Pública, Antônio Braga, permanecem nos cargos até fim de março ou começo de abril, data limite para desincompatibilização de cargos públicos para quem deseja ser candidato em 2006. A informação é do deputado estadual Onevan de Mattos, que participou da reunião.

Essa decisão contraria o desejo da executiva estadual do PT. Em resolução assinada no mês passado, os dirigentes petistas determinaram que os filiados ao partido com pretensões eleitorais deveriam deixar o governo até 15 de dezembro, e pediram ao governador Zeca do PT que procedesse da mesma forma com os partidos aliados. Antecipando-se à resolução, Paulo Duarte deixou a Secretaria de Infra-Estrutura e Habitação na semana passada. Outro petista, Amarildo Cruz, diretor-presidente da Agehab, disse que só sai junto com os demais pré-candidatos.

Contraria também a vontade de Dagoberto Nogueira, que já havia, inclusive, anunciado seu retorno à Assembléia Legislativa para terça-feira da próxima semana. Ele queria ocupar o gabinete antes do recesso parlamentar. E por fim, a decisão contraria o que defendia o governador Zeca do PT. Seu parecer, manifestado várias vezes, é de que o ano legislativo recomece com os novos secretários já atuando e toda mudança que for necessária se faça antes disso.

Ao manter Braga e Dagoberto nos cargos até abril, o PDT pode ter sinalizado que a permanência no governo Egon Krakhecke não está decidida. “O partido não quis indicar nomes para um mandato tampão. Então que fiquem os que já estão”, resumiu Mattos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)