Cassilândia, Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

27/09/2018 17:30

Bombeiro entra sem equipamento de proteção se emociona por não salvar criança

Conforme o sargento, equipamento estava na viatura, porém ele explicou que ficaria sem qualquer comunicação e, com fumaça pra todo lado, precisava perguntar sobre a menina.

G1MS

A viatura Auto Bomba Tanque - ABT 49 - do Corpo de Bombeiros mal estacionou quando o sargento Theodulo de Pádua ouviu gritos e pedidos de socorro: "Tem criança lá dentro". "A menina está no quarto". O raciocínio então foi descer correndo e pedir para apontarem o quarto onde a vítima estava. Ele entrou e não encontrou a menina, retornou para um rápido fôlego e foi para o outro quarto, retirando a pequena que "estava deitada de lado e já com a pupila dilatada".

"Eu a encontrei inconsciente, nem pensei duas vezes no que fazer quando ouvi os pedidos de socorro. Antes de tudo, sou ser humano e pai de 3 filhos. Infelizmente, não teve outro jeito", disse ao G1 emocionado, em frente ao imóvel incendiado.

Conforme o sargento, o equipamento de proteção estava na viatura, porém ele explicou que os militares ficam, sem qualquer comunicação, quando o colocam. "A fumaça já tinha tomado conta do imóvel, impossível até de visualizar onde era cada cômodo, algo que inclusive foi relatado pelos vizinhos quando entraram em contato pelo 190. E eu precisava conversar com a mãe ou outra pessoa da casa e saber onde estava a criança", explicou.

Entenda o caso

Uma menina de três anos que faria aniversário nesta quinta-feira (27) morreu e outras três pessoas ficaram feridas em incêndio em uma residência, no bairro Central Park, em Campo Grande. A polícia suspeita que o fogo tenha sido criminoso, pois, testemunhas contaram que o ex-marido da moradora já teria feito ameças a ela.

O corretor de imóveis Silvio Hikawa é vizinho da residência das vítimas e foi o primeiro a chegar. Segundo ele, a dona da casa é uma pastora e pedia socorro. "Gritava: pelo amor de Deus, tem criança lá dentro".

Para entrar no imóvel, Hikawa pulou o muro e quebrou um cadeado. Ele teve ajuda de um outro vizinho. Ferida, a pastora havia saído da casa pulando uma janela.

Conforme o tenente do Corpo de Bombeiros, Hamad Ali Aziz Pereira, a pastora e a filha dela de criação, uma adolescente de 12 anos, também foi atendida e encaminhada consciente e orientada ao hospital. Uma mulher, de 29 anos, que teria sido acolhida pela dona da casa teve queimaduras pelo corpo e precisou ser reanimada, antes de chegar na Santa Casa, em Campo Grande.

De acordo com os bombeiros, o fogo começou na sala. As vítimas feridas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros. Eles verificaram que grande parte do imóvel foi destruído, sendo os documentos queimados.

Possíveis causas
A perícia técnica também foi acionada, quando os bombeiros constataram que o imóvel não tinha energia elétrica e utilizava um cabo cedido pelo vizinho. "Existe a suspeita inicial de pane elétrica e até uma vela na sala, onde teriam começado as chamas, porém tudo será averiguado", afirmou ao G1 o sargento Theodulo.

A Polícia Militar (PM) também passou a fazer rondas, após informações de vizinhos sobre possíveis brigas entre o ex-marido e a pastora e a suspeita de incêndio criminoso. Em uma das ocasiões, ainda conforme testemunhas, o homem teria ido ao local e feito ameaças de morte.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 14 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Terça, 13 de Novembro de 2018
17:57
Cassilândia/Paranaiba/Chapadão
09:00
Santo do dia
Segunda, 12 de Novembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)