Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/11/2008 14:29

Bolsas de Nova York abrem o pregão em alta

Mariana Conte

O índice Dow Jones da Bolsa de Nova York abriu o pregão de hoje em alta e avançava 1,04% a 8.368 pontos, às 12h34. O Nasdaq segue a mesma direção e ganhava 0,76% a 1.510 pontos. O S&P 500 subia 1,16% a 862 pontos. Mas os índices futuros sugerem uma sessão volátil para as Bolsas norte-americanas nesta quinta-feira, com o segmento de tecnologia provavelmente amargando perdas na esteira de cortes nas projeções de resultado feitas ontem pela Intel, pela Applied Material (AMAT) e pela National Semiconductor, e ainda pela migração da Dell para a lista de convicção de venda do Goldman Sachs.

O alerta de resultado feito pela gigante Wal-Mart também deve perturbar os investidores neste início de pregão, ressaltando as fracas perspectivas para o consumo às vésperas do mais importante período de vendas para o varejo norte-americano.

Ainda no pano de fundo do mercado estão as contínuas indicações de desaceleração econômica. O número de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA feitos na semana passada atingiu o maior nível (516 mil) desde setembro de 2001 e a média em quatro semanas (491,5 mil) o patamar mais elevado desde março de 1991. Na Alemanha, a segunda contração trimestral seguida do PIB levou o país, tecnicamente, para uma recessão.

A Intel Corp cortou sua previsão de receita para o quarto trimestre, citando "uma demanda significativamente mais fraca do que o esperado" em todo os EUA e uma incerteza geral no ambiente econômico. Depois do fechamento do mercado ontem, a gigante do setor de chips disse que agora espera uma receita entre US$ 8,7 bilhões e US$ 9,2 bilhões no quarto trimestre, de uma estimativa anterior - emitida em outubro - de US$ 10,1 bilhões a US$ 10,9 bilhões.

A AMAT e a National Semiconductor anunciaram ontem corte de 12% e de 5% de sua força de trabalho, respectivamente. O anúncio da AMAT foi acompanhado de queda de 45% em seu lucro do quarto trimestre fiscal para US$ 231,1 milhões (US$ 0,17 por ação) e de previsão de queda nas vendas e encomendas no trimestre corrente.

A maior rede de varejo do mundo, a norte-americana Wal-Mart Stores, anunciou aumento de 9,8% em seu lucro líquido e de 7,5% nas vendas do terceiro trimestre fiscal. Mas previu resultado no quarto trimestre abaixo da estimativa dos analistas, o que irá projetar o ganho no ano para o piso de suas estimativas anteriores ou abaixo dele. As informações são da Dow Jones.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)