Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/05/2011 21:18

Bolivianos fecham a fronteira com MS; manifestação tem 3.000 pessoas

Paulo Fernandes, Campo Grande News

Na fronteira com Mato Grosso do Sul, carros e manifestantes bolivianos impedem o tráfego de veículos em protesto contra a redução pelo Governo brasileiro da cota de mercadorias que pode ser levada daquele país para o Brasil.

Cerca de 3.000 pessoas estão envolvidas na manifestação. Os organizadores pretendem manter por 72 horas a interrupção que teve início nesta segunda-feira.

Presidente da organização 12 de Outubro (uma das instituições envolvidas na manifestação), Marcos Aranibar, afirmou que os bolivianos querem mais do que a alteração da cota.

“Queremos igualdade entre os povos, queremos ter os mesmos direitos que os brasileiros. Estamos cobrando isso não apenas nas questões de cotas de mercadorias, mas também na questão social, pois muitas vezes somos mal tratados por associarem nossa origem à questão de drogas e a questão de contrabando\", afirmou ao site diarionline.

“A mais importante das reivindicações desta mobilização é a questão de cotas estabelecidas no último ano no Brasil. Estamos insatisfeitos porque os muitos brasileiros trabalham tranquilos em nosso país e nada acontece. Nosso valor de cotas de exportação foi diminuído e isso tem até causado desemprego em nosso país, pois não adianta produzir se não há para onde vender\".

Ainda segundo Aranibar, o problema começou quando a Receita Federal brasileira reduziu a cota de vestuário, de cinco para três peças. “A Bolívia é uma grande produtora de roupas”, disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)