Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/06/2008 13:48

Bolívia: Mais dois estados aprovam autonomia

Agência Brasil

Brasília - Os departamentos (estados) de Beni e Pando, na Bolívia, realizaram ontem (1º) referendo sobre o estatuto de autonomia em relação ao governo boliviano. O apoio foi de 86% e 85%, respectivamente. A consulta popular, entretanto, foi declarada ilegal pelo presidente Evo Morales. As informações são da agência argentina Telam.

Durante o referendo, ocorreram conflitos em ambos os departamentos, que provocaram uma morte. Além disso, dezenas de urnas foram queimadas e houve denúncias de fraude durante as votações.

O prefeito (governador) de Beni, Ernesto Suárez, disse estar “perplexo” com o número de votos a favor da autonomia. “Estamos surpresos com os resultados. Sabíamos que iríamos ganhar, mas essa porcentagem [86%] é surpresa para mim.”

Pouco depois das 18h30 no horário local (19h30 no Brasil), as principais praças de Trinidad e Cobija, capitais de Beni e Pando, já acumulavam pessoas que celebravam o resultado.

Foi planejada ainda uma manifestação para comemorar a aprovação da autonomia na Praça 24 de Setembro, em Santa Cruz de la Sierra, capital do departamento de Santa Cruz, onde foi realizado um referendo similar no dia 4 de maio. O resultado foi de 85% dos votos a favor do estatuto de autonomia do departamento.

Durante todo o dia de ontem, Evo Morales cumpriu uma agenda distante da realização dos referendos. Reuniu-se com alguns colaboradores pela manhã e, em seguida, viajou para Oruro, onde entregou computadores a um sindicato de mineiros.

A Constituição boliviana – aprovada em dezembro – vem sendo questionada por algumas províncias que não vêem seus interesses representados no texto e propuseram a realização dos referendos de autonomia.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)