Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/02/2004 13:00

BNDES quer empresas assumindo a Parmalat no Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financiará cooperativas ou outros tipos de empreendimentos capazes de assumir as unidades industriais da Parmalat no Brasil. O Banco do Brasil será o principal agente financeiro a operar os financiamentos do BNDES. A informação é do ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, que ontem reuniu-se com a direção nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), em Brasília.

Segundo Rosseto, a preocupação do governo não é salvar a Parmalat, mas apoiar a manutenção dos empregos da indústria, o pagamento aos fornecedores e o funcionamento das unidades industriais da empresa. O governo, afirmou, está preparado para apoiar novos empreendimentos que assegurem a continuidade da produção nos estados. Uma das principais saídas estudadas é o arrendamento das plantas regionais da Parmalat por cooperativas de produtores de leite com recursos do BNDES.

O ministro citou uma série de medidas emergenciais adotadas pelo governo para manter a cadeia do leite e evitar a queda do preço do produto. Foram liberados R$ 113 milhões para os produtores de leite em todo o país. Os recursos fazem parte do total de R$ 300 milhões em Empréstimos do Governo Federal (EGF), com juros de 8,75% ao ano, destinados a financiar a estocagem de derivados do leite, o que contribui para a estabilidade do preço. O Banco do Brasil também está financiando a retenção de matrizes. Com capital de giro, os produtores podem manter seus animais e quitar suas dívidas.

Além disso, o governo federal está estimulando estados e municípios a comprar mil toneladas de leite em pó para ser utilizado na merenda escolar. "Não há interesse do governo de que haja queda da produção. O leite é um produto estratégico para a segurança alimentar do nosso povo e as estratégias que adotamos deram estabilidade ao setor", afirmou o ministro. Conforme Rossetto, os produtores de leite estão escoando o produto para outras cooperativas e laticínios. "Não há qualquer risco de desabastecimento", destacou.

A produção de leite chegou a 23 bilhões de litros em 2003, um recorde para o setor. A agricultura familiar contribui com 52% da produção nacional. Do total de 1,8 milhão de produtores, 1,6 milhão são familiares. O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) liberou R$ 662 milhões para a cadeia do leite em 2003, sendo R$ 350 milhões para assentados da reforma agrária.

Informações da Assessoria de Imprensa do BNDES.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)