Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/10/2005 16:07

Berzoini propõe ao PT amplo debate e balanço do governo

Aécio Amado / ABr

O novo presidente do Partido dos Trabalhadores, deputado Ricardo Berzoini (SP), afirma que quer promover um amplo debate e fazer um balanço do governo Lula. "O compromisso nosso é de conduzir esse balanço da maneira mais democrática. E, ao mesmo tempo, permitir que pessoas de fora do partido - economistas, cientistas políticos, lideranças populares - possam também dar a sua contribuição", disse Berzoini, em entrevista à Rádio Nacional (Rio de Janeiro).

Sobre a relação entre o partido e o governo, Berzoini afirmou que a política econômica conduzida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva é apoiada pela maioria, mas isso não impede a manifestação de críticas pontuais. "Entendemos que o modelo econômico implantado é um modelo vitorioso. E não é uma continuação do governo anterior; até porque no governo anterior a dívida pública cresceu continuamente. No nosso governo estabilizamos a relação entre a dívida e o Produto Interno Bruto (PIB)", disse.

Berzoini afirmou que o debate também pretende preparar o programa para a eleição presidencial de 2006. "Eu falo assim com a certeza de que o presidente Lula vai disputar a reeleição. Mas, evidentemente, ele ainda vai dar essa palavra no momento adequado".

O novo presidente do PT disse ainda que vai manter o padrão de relacionamento entre o partido e os parlamentares acusados de irregularidades. "Pedindo explicações, procurando identificar onde há quebra de ética partidária ou não. Mas, ao mesmo tempo, não permitindo que esses deputados sejam tratados como se fossem corruptos".

Na avaliação de Ricardo Berzoini, os deputados do PT que deverão responder a processo disciplinar na Câmara não cometeram atos de corrupção. Segundo o deputado, eles praticaram "apenas uma ilegalidade eleitoral que decorre de um sistema de financiamento eleitoral no Brasil absolutamente inadequado". Os deputados foram citados no relatório conjunto das comissões parlamentares mistas de inquérito (CPMIs) dos Correios e da Compra de Votos.

Ele disse que esses parlamentares serão tratados "com respeito, mas sem nenhum tipo de complacência ou impunidade". Segundo Berzoini, se o partido entender que eles quebraram a ética partidária, serão submetidos há sanções apreciadas por uma Comissão de Ética e aprovadas pelo Diretório Nacional.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)