Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/06/2014 19:05

Bélgica supera expulsão, elimina Coreia e passa com 100% para pegar EUA

GE.net

Já classificada, a Bélgica não precisou de seus principais jogadores nem atuar com 11 durante todo o segundo tempo nesta quinta-feira para garantir 100% de aproveitamento na primeira fase da Copa do Mundo. Frágil tecnicamente, a Coreia do Sul perdeu por 1 a 0 e, com apenas um ponto somado, dá adeus ao Mundial.

Os asiáticos foram vítima de sua falta de habilidade com a bola nos pés, o que motivou vaias enquanto os europeus controlavam o jogo no primeiro tempo. Aos 44 da etapa inicial, Defour deixou a Bélgica com um a menos ao acertar as travas da chuteira na canela de um adversário, mas nem com mais atletas em campo a Coreia do Sul pôde exercer pressão útil.

Os sul-coreanos não foram além de uma bola no travessão, que só ocorreu porque Son Heung-Min errou seu cruzamento, aos 13 do segundo tempo. A Bélgica, por sua vez, tinha jogadores melhores até no banco, como Origi, que saiu da reserva para chutar e forçar o rebote que se transformou no gol de Vertonghen, aos 32 minutos.

Após colocar Hazard só aos 41 do segundo tempo e não contar com Alderweireld, Witsel, De Bruyne, Lukaku, Vermaelen e Kompany, a Bélgica chega animada pelas vitórias sobre Argélia, Rússia e Coreia do Sul para enfrentar os Estados Unidos pelas oitavas de final, às 17 horas (de Brasília) de terça-feira em Salvador, na Fonte Nova.

O jogo – O que ocorreria no primeiro tempo ficou claro segundos após o pontapé inicial, quando o belga Mirallas deixou um sul-coreano no chão ao aplicar drible na grande área e tocou em busca de um companheiro que não o acompanhou. O atacante do Everton era a válvula de escape do time europeu diante do desespero asiático.

Precisando vencer, a Coreia do Sul chegou a ter somente o seu goleiro no campo de defesa. No círculo central ou um pouco mais à frente, seus zagueiros eram os únicos a guardar posição, cabendo aos laterais correr para ajudar na frente e, sem a bola, formar uma linha com quatro atletas. Os asiáticos atacavam sempre com sete ou oito jogadores.

A presença na frente, contudo, era atrapalhada pela falta de técnica, tanto que só assustaram em finalização do zagueiro Kim Youg-Gwon, aos dez. a Bélgica se mantinha calma e espalhada no 4-3-2-1, com Fellaini e Mertens e, às vezes, Januzaj tentando ajudar o solitário Mirallas no ataque.

Em contra-ataque, o único atacante chegou a balançar as redes, completamente impedido, aos 19. Mas foi questão de tempo para os favoritos tocarem a bola e irem avançando. Perdidos em meio ao próprio nervosismo, os asiáticos deixaram Mertens completamente livre na pequena área e tiveram sorte, já que o belga isolou a bola.

A tranquilidade europeia aumentava à medida que sul-coreanos até pisavam na bola. Mas a calma virou soberba. Na prática, espaço para atacar. Assim, aos 29, Ki Sung-Yueng obrigou Courtois a se esticar para evitar o gol. Na cobrança do escanteio, Son Heung-Min pressionou a zaga belga e Defour salvou em cima da linha o que seria um gol contra de Lombaerts.

Mas o relógio não dava tranquilidade aos sul-coreanos, que começaram a cometer faltas cada vez mais perto da área, aproximando os belgas de seu gol. A entrada mais dura, porém, não foi de um asiático. Aos 44, Defour deixou as travas da chuteira do pé direito na canela de Kim Shin-Wook e foi expulso. A Coreia do Sul, ao menos, tinha vantagem numérica.

No intervalo, o técnico Hong Myung-Bo aproveitou a superioridade e colocou o atacante Lee Keun-Ho. Mas o treinador sul-coreano não podia colocar exatamente o que falta à sua seleção: qualidade. Os asiáticos atacavam e corriam, mas não sabiam o que fazer quando tinham a bola. Os belgas nem sentiam falta do jogador que perderam pouco antes do intervalo.

Baseando-se ainda mais no contra-ataque, o time europeu só poderia sofrer em caso de azar, o que quase ocorreu em cruzamento errado de Son Heung-Min que acertou o travessão de Cortouis, aos 13 da etapa final. No resto das tentativas adversárias, bastou o bom posicionamento do goleiro do Atlético de Madri para evitar qualquer perigo.

A fragilidade asiática era tão grande que o técnico belga Marc Wilmots não precisou colocar em campo tão cedo os astros que preservava no banco nem aumentar seu poderio defensivo. Realizou trocas pensando em colocar atletas descansados para ir ao ataque. Teve sucesso.

Uma das apostas do ex-atacante foi Origi, que logo correu e tornou Felaini mais útil, tabelando. Em uma dessas movimentações, o atacante de 19 anos arriscou de fora da área e o goleiro Kim Seung-Gyu deu rebote, facilitando para Vertonghen, capitão belga nesta quinta-feira, abrir o placar em Itaquera, aos 32 minutos do segundo tempo.

Logo após o gol, os sul-coreanos desabaram no gramado, esboçando claro cansaço. Mas tiveram raça para ir à frente e, aos 34, Lee Keun-Ho recebeu lançamento na grande área e chutou por cima. A partir daí, os valentes asiáticos seguiram tentando correr e continuaram vítimas de suas próprias fragilidades técnicas, fundamental para definir a eliminação logo na primeira fase da Copa. Bom para quem veio a Itaquera e pôde ver Hazard em campo por alguns minutos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)