Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/08/2008 16:09

Beira-Mar é condenado no Rio a mais seis anos de prisão

Bianca Cegati/Campo Grande News

Foi condenado a seis anos de prisão o traficante Luis Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, julgado na tarde de hoje pelo pelo 4º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro. A nova condenação é decorrente do crime de associação para o tráfico de drogas.

O advogado de defesa do réu, Francisco Santana, afirmou à imprensa que vai entrar com recurso para que a pena seja reduzida. A audiência teve início por volta de 10 horas e foi presidida pela juíza Maria Angélica Guerra Guedes, que em maio deste ano chegou a se declarar impedida para julgar o caso.

Pelo menos 15 policiais federais armados com fuzis fizeram a escolta de Beira-Mar, que atualmente cumpre pena no Presídio Federal de Campo Grande. E segundo a reportagem do G1, assistiram ao julgamento três parentes do traficante, que se comunicaram com ele por gestos.

Polêmica - Uma questão, no entanto, que antecedeu o julgamento, foi o pedido do promotor Luciano Lessa Gonçalves dos Santos, responsável pela denúncia, para que a audiência fosse anulada. Ele considera que não cabe ao Tribunal do Júri avaliar esse tipo de crime.

A solicitação foi feita ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) e negada. O promotor pretende que o caso seja levado de volta a Duque de Caixas, lugar de origem da denúncia e de onde foi enviada ao Tribunal do Júri, após recurso dos advogados de Beira-Mar, alegando que os jurados da Comarca local não teriam imparcialidade suficiente para julgar o crime.

De acordo com a denúncia, em 1996, policiais trocaram tiros e prenderam, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, homens que estariam dando cobertura ao traficante Charles do Lixão. Segundo o Ministério Público, os denunciados fariam parte da facção criminosa liderada por Beira-Mar naquela região. (Com informações do site G1)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)