Cassilândia, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

28/02/2011 20:49

Bebê morre após nascimento em maternidade da capital

Campo Grande News/ Nadyenka Castro

Um recém-nascido morreu logo após ter saído da barriga da mãe, na madrugada do último dia 25, na Maternidade Cândido Mariano, em Campo Grande. A Polícia Civil investiga o caso e a família aguarda o resultado do laudo sobre a morte.

A mãe, uma adolescente de 16 anos, conta que o filho foi colocado nas pernas dela, tossiu e morreu. “Ele nem chegou a chorar. Deu uma tossidinha e morreu”.

“Não sei o que aconteceu. Não tinha nada quebrado. Os médicos também não entenderam a causa”, diz a garota. O caso foi denunciado à Polícia Civil.

O marido dela, Elton da Silva Coleta, 20 anos, diz que está revoltado com a situação, principalmente porque a esposa estava sangrando havia quatro dias e o parto não foi feito. “Agora, ninguém quer ser o cupado”, declara.

A menina apresentou sangramento e perda de líquido no dia 21 pela manhã. Ela foi atendida no posto de saúde da Moreninha III e o médico disse que ela poderia ir para casa porque a criança não nasceria naquele dia.

A situação persistiu e ela foi então ao Hospital Regional á noite, sendo atendida e liberada. Três dias depois, ainda com sangramento e perda de líquido, ela procurou o posto de saúde novamente e foi encaminhada à Maternidade.

A adolescente chegou ao local por volta das 20 horas, mas só entrou na sala de parto às 3 horas, já dia 25. O bebê então nasceu de parto normal e em seguida morreu. “Minha família acha que passou da hora de nascer”, fala a garota, que complementa. “Não tive nenhum problema na gestação”.

Segundo a menina, o laudo inicial do exame necroscópico constatou que não havia nada quebrado no recém-nascido. “Agora estamos esperando outro laudo, que vai sair em 15 dias”. Conforme ela, no documento pode constar o que causou a morte do primeiro filho do casal.

Outro caso- Roseleide Leite da Silva, 32 anos, morreu durante o parto do segundo filho no último sábado (26) na mesma maternidade. Familiares acreditem se tratar de negligência e esperam o resultado do exame necroscópico, que deve sair em 15 dias, para apontar os responsáveis e tomar as providências necessárias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
07:30
Loterias
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)