Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/02/2011 20:49

Bebê morre após nascimento em maternidade da capital

Campo Grande News/ Nadyenka Castro

Um recém-nascido morreu logo após ter saído da barriga da mãe, na madrugada do último dia 25, na Maternidade Cândido Mariano, em Campo Grande. A Polícia Civil investiga o caso e a família aguarda o resultado do laudo sobre a morte.

A mãe, uma adolescente de 16 anos, conta que o filho foi colocado nas pernas dela, tossiu e morreu. “Ele nem chegou a chorar. Deu uma tossidinha e morreu”.

“Não sei o que aconteceu. Não tinha nada quebrado. Os médicos também não entenderam a causa”, diz a garota. O caso foi denunciado à Polícia Civil.

O marido dela, Elton da Silva Coleta, 20 anos, diz que está revoltado com a situação, principalmente porque a esposa estava sangrando havia quatro dias e o parto não foi feito. “Agora, ninguém quer ser o cupado”, declara.

A menina apresentou sangramento e perda de líquido no dia 21 pela manhã. Ela foi atendida no posto de saúde da Moreninha III e o médico disse que ela poderia ir para casa porque a criança não nasceria naquele dia.

A situação persistiu e ela foi então ao Hospital Regional á noite, sendo atendida e liberada. Três dias depois, ainda com sangramento e perda de líquido, ela procurou o posto de saúde novamente e foi encaminhada à Maternidade.

A adolescente chegou ao local por volta das 20 horas, mas só entrou na sala de parto às 3 horas, já dia 25. O bebê então nasceu de parto normal e em seguida morreu. “Minha família acha que passou da hora de nascer”, fala a garota, que complementa. “Não tive nenhum problema na gestação”.

Segundo a menina, o laudo inicial do exame necroscópico constatou que não havia nada quebrado no recém-nascido. “Agora estamos esperando outro laudo, que vai sair em 15 dias”. Conforme ela, no documento pode constar o que causou a morte do primeiro filho do casal.

Outro caso- Roseleide Leite da Silva, 32 anos, morreu durante o parto do segundo filho no último sábado (26) na mesma maternidade. Familiares acreditem se tratar de negligência e esperam o resultado do exame necroscópico, que deve sair em 15 dias, para apontar os responsáveis e tomar as providências necessárias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)