Cassilândia, Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

Últimas Notícias

24/01/2020 09:30

Bebê de 9 meses é primeiro caso confirmado de chikungunya em 2020

Criança está em tratamento e novos exames serão realizados; caso foi notificado pela Secretaria Municipal de Saúde

Campo Grande News

Mato Grosso do Sul registrou o primeiro caso de chikungunya, em 2020. A confirmação é da Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá, distante 419 quilômetros da Capital. Exame realizado em laboratório particular deu positivo para um bebê, de 9 meses, atualmente em tratamento.

"Temos um caso confirmado, um bebê de 9 meses. Estamos seguindo o protocolo de tratamento do Ministério da Saúde e nossos pediatras e técnicos estão dando toda condição e assistência para a família", revelou o secretário municipal, Rogério Leite, durante evento em Campo Grande, na tarde desta quinta-feira (23).

Segundo apurado pela reportagem, a família da criança é do Bairro Universitário, em Corumbá, e ainda esta semana será recolhido material para novos exames no Laboratório Municipal.

Apesar da confirmação por parte do município, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) afirmou não ter sido notificada sobre o caso. Em 2019, conforme a secretaria municipal, foram notificados 43 casos, 10 deles confirmados.

Ação - Conforme Rogério, o município na fronteira com a Bolívia precisou suspender as atividades do bloqueio químico, que combate o mosquito Aedes Aegypti - transmissor da febre chikungunya e de doenças como dengue e zika -, por 9 meses. Isso porque o estoque de inseticida chegou ao fim. Apesar disso, o trabalho físico dos agentes seguiu normalmente.

"Os mutirões continuaram sendo realizados o ano todo. Vivemos em uma região endêmica, Corumbá tem incidência maior de mosquitos adultos e isso ocorre ainda mais com aumento do indice de chuva", explica o secretário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 21 de Fevereiro de 2020
Quinta, 20 de Fevereiro de 2020
Quarta, 19 de Fevereiro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)