Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/06/2004 10:19

BC cria sistema para dar mais segurança ao setor

Agência Brasil

A partir de julho, o Banco Central vai colocar em operação um sistema capaz de mapear o mercado de crédito bancário, com dados detalhados. A iniciativa deve resultar em maior segurança para o sistema financeiro, uma vez que permitirá um melhor controle, por parte dos supervisores do BC, das operações de crédito realizadas pelos bancos. Atualmente, cerca de 8 milhões dessas operações são realizadas pelos bancos em todo o país, todos os meses.

Além de melhorar a supervisão bancária, o sistema fornecerá aos bancos e às demais instituições financeiras informações mais rápidas e seguras sobre a capacidade de endividamento dos seus clientes que autorizarem a consulta. Os clientes, por sua vez, poderão acompanhar pela internet as informações que lhes digam respeito com maior facilidade.

O Sistema de Informações de Crédito (SCR), que já opera em fase de testes, vai substituir a Central de Risco de Crédito. Com maior controle dos empréstimos, a área de supervisão bancária poderá, inclusive, antever com maior precisão possíveis quebras de instituições financeiras e, assim, proteger os depositantes. O país reduz a possibilidade de ser surpreendido por falências bancárias como as dos bancos Econômico, Nacional e Bamerindus que, nos anos 90, levaram à criação do Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (Proer) e à implementação da Central de Risco de Crédito, que agora será substituída.

Uma medida da complexidade do Sistema de Informações de Crédito é o fato de ele realizar quase 15 milhões de combinações de dados sobre as operações de crédito, enquanto os dados gerados pelo sistema anterior não permitiam nem cinqüenta combinações. Com isso, será possível saber qual o percentual de empréstimos por estado, por tipos de taxas e por prazos de pagamentos. Acredita-se que estudos apurados sobre o mercado de crédito brasileiro, gerados a partir do SCR poderão ser utilizados pelo Banco Central e pelo próprio governo federal para orientar a adoção e mesmo a revisão de políticas nessa área.

Enquanto o sistema anterior recebia, em média, 2 milhões de consultas externas por mês, o SCR permitirá até 40 milhões de consultas mensais, em um futuro próximo. O novo sistema incorpora os débitos dos clientes com responsabilidade total acima de R$ 5 mil, permitindo que os bancos utilizem-no para saber o grau de endividamento de empresas e de pessoas físicas, agilizando as decisões na hora da concessão do crédito.

Conhecendo melhor a quem empresta, os bancos evitarão os maus pagadores e, conseqüentemente, a inadimplência tende a cair juntamente com os custos administrativos, diminuindo o impacto desses fatores nos juros dos empréstimos bancários.

Para os responsáveis pela área de informática do Banco Central, o Sistema de Informações de Crédito representou um desafio sem precedentes para a modernização tecnológica na Instituição. O resultado foi a construção de um sistema moderno, capaz de suportar um alto nível de consultas e, ao mesmo tempo, armazenar a maior base de dados existente no BC, só comparável aos do sistema de controle de Câmbio.

As informações são do Banco Central

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)