Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/01/2007 04:58

BB disponibiliza salários às 6h de hoje

Humberto Marques e Paulo Fernandes/Campo Grande News

Os servidores públicos estaduais poderão procurar das 6h às 20h desta quarta-feira (31 de janeiro) as agências do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul, para providenciar os empréstimos consignados referentes aos pagamentos do mês de dezembro. Cerca de 51 mil funcionários do Estado devem ser atendidos até o dia 9 de fevereiro. Para dar conta da demanda, o superintendente regional do BB, Caio Neves, informou que 1,5 mil funcionários da instituição farão plantão especial para atender os trabalhadores.

Dos cerca de 55 mil funcionários públicos do Estado, 4.444 foram avaliados com “restrições absolutas” – possuem o CPF cancelado, dívidas com a Receita Federal ou dívidas em operações similares de crédito consignado. Ao todo, os servidores com algum tipo de restrição chegam a 22 mil, porém, diante das negociações entre Estado e BB, foi possível aumentar o número de pessoas a serem atendidas.

O anúncio oficial do pagamento foi realizado na tarde desta terça-feira (30) pelo superintendente regional do Banco do Brasil, Caio Neves, e pelo procurador do Estado, Fernando Zamelli, que ressaltou a intenção do Estado em resolver, até o dia 9 de fevereiro, a situação de todos os servidores. Nessa data, o governo irá quitar o salário de janeiro.

A operação entre o BB e o Estado envolve um empréstimo de R$ 103 milhões, que cobre a folha salarial. A taxa de juro é de 1,83% ao mês. Os valores serão pagos pelo governo em seis vezes; e os juros foram anulados pelo prolongamento em um ano do contrato com o Banco do Brasil – que irá administrar a folha do funcionalismo até 2011. Há, ainda, uma taxa que varia de R$ 15 a R$ 100 para a concessão do empréstimo, que também será quitada pelo governo.

Caio Neves informou que o procedimento para efetuar o empréstimo é uma praxe do banco. Porém, um modo diferenciado para efetuar o pagamento dos servidores foi criado exclusivamente para esta operação. O superintendente disse, ainda, que os servidores em condições de efetuar o empréstimo que não conseguirem fazer a contratação devem procurar os gerentes das agências.

Além disso, Neves informou que a operação pode não ocorrer instantaneamente, por conta da operação no sistema. A espera poderá chegar a até uma hora. “Se o servidor quiser sacar o dinheiro no mesmo dia, a recomendação é de que procurem as agências do banco logo cedo”, ressaltou o superintendente.

A operação

As contratações devem ser realizadas entre os dias 31 de janeiro ao dia 9 de fevereiro. Os salários serão pagos através do BB Crédito Consignação em Folha. Apesar de ser uma operação de empréstimo pessoal, os valores serão custeados pelo governo do Estado.

Para efetuar a operação nos caixas eletrônicos, é necessário ter em mãos o contra cheque. O documento será emitido na hora, obedecendo o cronograma abaixo:
1) O servidor deverá inserir o cartão de sua conta-salário e teclar “Outras opções”.
2) Em seguida, selecionar o item “BB Contra cheques”. Na solicitação de identificação do funcionário, digite a matrícula funcional.
3) Na janela “mês”, digite 12/2006.
4) Digitar senha e código de acesso assim que solicitado, aguardando a impressão do comprovante. Para cada matrícula, deverá ser retirado um contra cheque.

Depois de imprimir o documento, será iniciado procedimento para contrair o CDC.

1) Após inserir o cartão, o servidor deverá selecionar a opção “Empréstimos”.
2) Selecione a opção “BB Crédito Consignação em Folha”;
3) Digite o valor exato do seu contra cheque no campo “Total para empréstimo”, inclusive os centavos.
4) No item “Número de parcelas”, selecione seis. Confirme a operação e aguarde a impressão do recibo. Para cada matrícula, deverá ser incluído um pedido de empréstimo.

O empréstimo também pode ser solicitado através da internet, desde que o servidor tenha senha para este tipo de atendimento eletrônico. Para obter o BB Contra cheque na web, os servidores devem acessar o site http://www.bb.com.br.

Na barra de menu “Sua conta” (canto superior esquerdo), digite os números da agência e conta corrente; e em seguida a senha de auto-atendimento (atendimento especial para a internet, composta de oito dígitos). Em “Outras opções”, selecione o item “BB Contra cheques” e, na janela de identificação do funcionário, digite a matrícula funcional. Para a janela “Mês”, digite 12/2006. A seguir, entre com a senha da conta corrente (composta por seis dígitos) e imprima o contra cheque. Servidores com mais de uma matrícula devem retirar um contra cheque para cada uma.

De posse do contra cheque, o servidor deve selecionar na barra de menu a opção “Empréstimos”, e depois o item “BB Crédito Consignação em Folha”. Digite o valor exato no contra no campo “Total para empréstimo”, incluindo os centavos; informe o número de parcelas como seis e confirme a operação. Em seguida, imprima o recibo. Servidores que possuam mais de uma matrícula deverão fazer um pedido para cada matrícula.

As informações são da assessoria do Banco do Brasil, ao ressaltar que o servidor que não conseguir efetuar a operação deverá se dirigir à sua agência de relacionamento com o contra cheque, para verificar a causa da não efetivação do empréstimo. Caso não seja possível a liberação, deve-se aguardar informações do governo quanto à forma com a qual o salário será pago.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)