Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

21/10/2003 09:27

Basquete feminino já luta pela terceira medalha olímpica

Agência Brasil

Durante três horas, a comissão técnica da seleção brasileira adulta feminina de basquete esteve reunida ontem (20) com a diretoria da CBB, na sede da entidade, no Rio, para analisar os resultados e as competições da temporada 2003 e elaborar o planejamento para o período 2004/2005/2006.

O basquete feminino foi campeão pela 19ª vez do Sul-Americano neste ano; ganhou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo; foi vice-campeão do Mundial Sub-21 da Croácia; conquistou o título invicto do Pré-Olímpico do México e garantiu a única vaga das Américas para as Olimpíadas de Atenas, em 2004.

O técnico Antonio Carlos Barbosa, no comando da seleção principal desde janeiro de 1997, disse acreditar que a seleção brasileira tem todas as condições de trazer a terceira medalha olímpica para o basquete feminino em quatro participações (sétimo em Barcelona/1992, medalha de prata em Atlanta/1996, medalha de bronze em Sydney/2000 e Atenas/2004).

Ele informou que no próximo ano serão três seleções: a olímpica, a de novos e a juvenil. A olímpica será convocada em maio e depois realizará os exames médicos e físicos. "Nos meses de junho e julho treinaremos e disputaremos dois torneios no Brasil, inclusive com a presença de uma seleção européia e uma asiática. No início de agosto vamos para Atenas, já na fase final de preparação, e participaremos do torneio Diamond Ball com as seleções da Rússia (campeã européia), Austrália (campeã da Oceânia), Grécia (país sede), o campeão asiático e o campeão africano", disse. Barbosa acrescentou que a seleção de novos será formada pelas atletas vice-campeãs mundiais Sub-21 e mais as jogadoras que não ficarem na seleção olímpica. E a seleção juvenil irá disputar o Sul-Americano que classifica para a Copa América que é seletiva para o Mundial de 2005.

Sobre as chances de medalha em Atenas, o técnico disse que será um grande desafio para o basquete feminino do Brasil. Estaremos defendendo as medalhas de bronze de Sydney (2000) e a de prata de Atlanta (1996). Com a equipe completa e treinando junta durante os dois meses de preparação vamos para disputar a medalha de ouro. Os Jogos Olímpicos reúnem as 12 melhores seleções do mundo. Pela tradição e os últimos resultados internacionais, os principais adversários serão os Estados Unidos (atual campeão olímpico e mundial), Rússia (campeã européia e vice-campeã mundial) e Austrália (medalha de bronze em Sydney e no Mundial 2002).

As informações são da Confederação Brasileira de Basquete

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Terça, 22 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)