Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/04/2008 18:56

Banqueta garantiu descoberta de 43 celulares em vaginas

Ângela Kempfer/Campo Grande News

A descoberta de 43 celulares hoje com presas que esconderam o equipamento na vagina, para o Sindicato dos Agentes Penitenciário de Mato Grosso do Sul reforça a tese de que os presídios são abastecidos com os aparelhos pelas mulheres que visitam as unidades penais.
O caso serviu para fortalecer a defesa dos agentes, normalmente acusados de levar os celulares para dentro das penitenciárias, diz o presidente da entidade Fernando Anunciação. “Assim como as presas estavam escondendo os aparelhos, as visitantes também podem passar livremente com o celular”, explica.
O flagrante de hoje revela uma realidade ainda mais complicada, avalia o agente. ’”Não tem detector de metal em todas as unidades ou a possibilidade de fazer toque para verificar a existência do equipamento”, reclama Anunciação.
Ele diz que hoje é muito mais “barato” transportar celular para os presos pelas mulheres, parentes ou não, do que pagar para que um agente faça o serviço. “Não digo que não pode existir servidor corrupto, mas o fato é que é muito mais fácil e barato pedir para uma mulher levar o aparelho”, justifica Anunciação.
Os aparelhos foram encontrados durante um pente-fino realizado na manhã desta quinta-feira no Presídio Feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande. A unidade tem 12 celas e está com 340 presas. Em um primeiro momento, os agentes haviam dito que foram 50 aparelhos, mas a contagem oficial é de 43.
Segundo a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), a banqueta foi comprada com recursos próprios do presídio e usada pela primeira vez hoje. Apesar de ter sido adquirida há alguns meses, foi necessário treinamento de profissionais para operação do equipamento que existe apenas no Presídio Federal de Campo Grande.
O governo garante que a idéia é instalar esses aparelhos especiais de detecção de metal em cavidades corpóreas em todas as unidades do Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)