Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/02/2004 09:39

Bancos não poderão mais fazer DOCs superiores a R$ 5 mil

Gustavo Bernardes/ABr

A partir de hoje, os clientes de bancos não poderão mais emitir DOCs - ordens de crédito – com valores superiores a R$ 5 mil. Circular do Banco Central divulgada ontem prevê que o valor máximo obrigatório dessas ordens de crédito é de R$ 4.999,99. Operações acima desse valor terão de ser feitas por meio da Transferência Eletrônica Disponível (TED).

Tecnicamente, isso significa que os DOCs, antes compensados na Centralizadora de Compensações de Cheques e Outros Papéis (Compe) passarão agora a ser operacionalizados na Câmara Interbancária de Pagamentos (Cip). A nova forma de compensação já estava em prática na maioria dos bancos.

“Apesar das adaptações, alguns bancos aceitavam fazer DOCs com valores acima de R$ 5 mil. Agora, isso não vai ser mais possível”, explicou o chefe-adjunto do Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos do Banco Central, Luiz Fernando Cardoso. Segundo ele, a medida é uma forma de diminuir o chamado risco sistêmico, ou seja, aumentar as garantias de compensações sem prejuízos ao Banco Central e à sustentabilidade do sistema financeiro nacional.

Dados do Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos do Banco Central revelam que a medida vai atingir um pequeno volume de transações. Das 300 mil ordens de crédito feitas diariamente, apenas 8 mil deverão enquadrar-se na nova regra, já que são poucos os clientes que fazem operações com valores superiores a R$ 5 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)