Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/02/2013 06:56

Bancos deverão continuar fechados

Redação
Vigilantes iniciaram greve na sexta-feira. Atendimento nos bancos foi prejudicado. (Foto: Rodrigo Pazinato)Vigilantes iniciaram greve na sexta-feira. Atendimento nos bancos foi prejudicado. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Enquanto os vigiliantes não retornarem ao trabalho as agências bancárias em Cassilândia permanecerão fechadas. Foi a informação recebida pelo Capitão Dominoni que acaba de repassar ao Cassilândianews. O Banco do Brasil informou que abre somente com o retorno dos vigilantes, comentou. 

Neste domingo (3), dois oficiais de justiça acompanhados de policiais militares foram até a sede do Sindicato dos Vigilantes para tentar fazer a notificação da liminar, no entanto, os profissionais se recusarem a receber o documento porque o presidente não estava, informa o Campo Grande News

 

Veja matéria completa publicada ontem pelo Campo Grande News sobre o assunto

Vigilantes não assinam liminar e greve continua amanhã


Por Paula Vitorino

 

A greve dos vigilantes deve continuar nessa segunda-feira (4) mesmo após liminar do TRT/MS (Tribunal Regional do Trabalho) determinar que 50% dos profissionais voltem ao trabalho. A liminar foi expedida ontem, com previsão de multa diária no valor de R$ 20 mil no caso de não cumprimento da ordem judicial.

Neste domingo (3), dois oficiais de justiça acompanhados de policiais militares foram até a sede do Sindicato dos Vigilantes para tentar fazer a notificação da liminar, no entanto, os profissionais se recusarem a receber o documento porque o presidente não estava.

Uma vigilante, que não quis se identificar, disse que apenas o presidente pode assinar ou receber o documento e, por isso, nenhum dos vigilantes irá assumir a responsabilidade. De acordo com os profissionais, o presidente Celso Adriano Gomes está viajando pelo Interior do Estado para tratar da greve e deve voltar amanhã. A reportagem tentou contato por telefone, mas não conseguiu.

Os vigilantes dizem que foram pressionados para assinar o documento e tiveram de sair do prédio. Cerca de 20 profissionais estavam reunidos no local.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar esclareceu que os policiais foram solicitados para acompanhar os oficiais de justiça, procedimento padrão, e que não houve tumulto ou confronto. Segundo a PM, os vigilantes se recusaram a assinar a notificação e o presidente não estava no local, sendo assim, a equipe deixou a sede.

A decisão do TRT considera que a “greve eclodiu antes de iniciadas as negociações, fato que denota seu caráterintimidatório, distanciando-se do legítimo direito de greve constitucionalmente assegurado”.

O desembargador deu um prazo de cinco dias para os dois sindicatos apresentaram uma contestação

A categoria deflagrou greve na sexta-feira (1) porque as empresas não estão cumprindo a Lei 12.740, que prevê o pagamento do novo adicional de periculosidade da categoria, que teve um reajuste de 15% para 30% desde o dia 10 de dezembro de 2012.

Em Campo Grande são cerca de 4 mil profissionais que trabalham no setor. Em todo Estado, esse número chega 12 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)