Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020

Últimas Notícias

15/01/2020 10:40

Banco é condenado a pagar R$ 10 mil para cliente vítima de golpe em agência

Campo Grande News

 

Um banco da Capital foi condenado a pagar R$ 10 mil para um cliente que foi vítima de um golpe, dentro de uma agência. Conforme os autos do processo em 16 de abril de 2016, logo após realizar um saque, o cliente foi abordado por suspeitos que se fizeram passar por funcionários e simularam um suposto cadastro biométrico junto ao caixa eletrônico.

O cliente então forneceu o seu cartão magnético e senha às pessoas para a conclusão do procedimento. Os suspeitos, no entanto, trocaram o cartão da vítima e, com a sua senha pessoal, fizeram empréstimos consignados em seu nome, compras e retiradas, que resultaram em prejuízos de mais de R$ 3 mil.

A vítima só notou o golpe 3 dias depois, quando, ao tentar realizar novo saque, verificou que os fraudadores haviam lhe dado um cartão em nome de outra pessoa. Por entender que seu banco, por meio das movimentações suspeitas em sua conta bancária, deveria ter apurado a fraude e tomado as devidas providências para impedi-la, o cliente ingressou com ação na justiça.

Em sua defesa, a instituição financeira alegou que as supostas fraudes ocorreram por conta da falta de cuidado do próprio correntista. Segundo o banco, o evento ocorreu em dia que não há expediente, não havendo, portanto, razão para que o autor acreditasse que havia algum funcionário naquele local para realizar cadastros.

Em primeira instância, a juíza titular da 4ª Vara Cível de Campo Grande entendeu haver culpa das duas partes no evento danoso e condenou o banco a restituir metade de todo o prejuízo material sofrido pelo seu cliente com os saques e compras, ordenou o cancelamento dos empréstimos feitos em nome dele, e ainda determinou o pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 10 mil.

A instituição financeira recorreu, requerendo o julgamento totalmente improcedente da ação, no entanto, os magistrados da 3ª Câmara Cível manteram a condenação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Janeiro de 2020
10:00
Receita do Dia
09:48
Cassilândia
07:58
Cassilândia
Segunda, 20 de Janeiro de 2020
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)