Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/09/2004 07:19

Bancários de SP mantêm greve, apesar de decisão judicial

Andréia Araujo/ABr

Brasília – Em assembléia geral, os bancários de São Paulo decidiram manter e ampliar a greve que já dura 16 dias, mesmo depois do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP) decidir que 60% dos funcionários devem voltar a trabalhar e manter abertas todas as agências do estado de São Paulo. A decisão foi do vice-presidente Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, juiz Pedro Teixeira Manus, acatando pedido do Ministério Público do Trabalho (MPT).

O secretário-geral da Confederação Nacional dos Bancários, ligada à CUT, Carlos Cordeiro, disse que os bancários consideram a postura dos bancos de coagir os sindicalistas uma prática de abuso de greve e não a paralização que está sendo feita. "Decidimos manter a greve por que só assim a Fenaban [Federação Nacional dos Bancos] irá sentar para negociar e melhorar a proposta inicial que é de 8%", explicou o sindicalista.

A pauta de reivindicações dos bancários inclui aumento real de 17,28%, reposição salarial de 6,7%, participação nos lucros igual a um salário mais R$ 1.200 fixo, o 14º salário e redução da jornada de trabalho (de seis para cinco horas).

Segundo Cordeiro, membros da Executiva Nacional dos Bancos estarão nesta quinta-feira em Brasília para um encontro com o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Vantuil Abdala. "Na reunião vamos contar todos os abusos que estamos sofrendo, principalmente em São Paulo", disse. Segundo a decisão do TST, para cada dia que os bancários descumprirem a norma vão pagar multa de R$ 200 mil. A CNB-CUT afirmou que não vai pagar a multa indicada pela justiça.

A greve paralisa as agências bancárias em 24 capitais brasileiras. A estimativa da CNB-CUT é que cerca de 200 mil funcionários estejam de braços cruzados

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)