Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/11/2008 13:59

Bancada federal de MS apresenta R$ 1,27 bi em emendas

Fernanda França - Campo Grande News

A bancada federal de Mato Grosso do Sul entregou, no início da noite de ontem, 15 emendas coletivas ao Orçamento Geral da União para o exercício financeiro de 2009, totalizando R$ 1,27 bilhão para obras e investimentos.

A esse volume será acrescida a dotação das emendas individuais. Cada deputado e senador dispõem de R$ 10 milhões para destinar às suas bases eleitorais, totalizando R$ 110 milhões. O parlamentar pode distribuir sua cota em até 25 emendas.

Grande parte da verba das emendas coletivas será destinada para infra-estrutura, como obras de saneamento, drenagem, contenção de enchentes e erosão.

Para esta finalidade, foi solicitada a reserva de R$ 750 milhões, enquanto transporte ficará, em princípio, com R$ 380 milhões.

O ministério da Integração Nacional foi o que recebeu maior demanda por verba, com oito emendas, no total de R$ 620 milhões para investimentos.

Três emendas também foram apresentadas para construção de trechos rodoviários, cujos recursos são alocados no Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes).

Outras duas emendas – no total de R$ 130 milhões – prevêem verbas do Ministério das Cidades, além de uma do Ministério da Agricultura, de R$ 60 milhões, para o setor produtivo do Estado.

Os parlamentares sul-mato-grossenses também reservaram uma de suas emendas para atender à sugestão apresentada pela população, durante audiência pública em outubro, na Assembléia Legislativa.

A área escolhida foi habitação, para a qual foram solicitados R$ 80 milhões.

Cortes - Coordenador da bancada federal, o deputado Waldemir Moka (PMDB) prevê que os valores pedidos para Mato Grosso do Sul deverão sofrer cortes drásticos quando forem analisados pelos relatores de cada área temática.

"Não se pode criar expectativa em cima desse valor inicial, que dificilmente será mantido", adverte.

De acordo com Moka, o fato de a relatoria-geral do Orçamento estar a cargo do senador Delcídio do Amaral (PT) pode ajudar no momento de os sub-relatores fecharem os relatórios de suas áreas.

"Mas nada que se aproxime do valor solicitado inicialmente, de mais de R$ 1 bilhão", disse.

No entanto, Moka acredita que a tendência é que Mato Grosso do Sul tenha à disposição, para investimentos em 2009, volume de recursos superior ao deste ano, de pouco mais de R$ 500 milhões.

"Vamos trabalhar pra isso, sabendo que a crise econômica mundial terá peso enorme sobre o orçamento do ano que vem", finalizou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)