Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/03/2004 15:48

Balanço dos reajustes salariais é o pior desde 1996

Dourados News

No ano passado, a maior parte das negociações coletivas resultou em perdas para os trabalhadores. Segundo levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese), a grande maioria dos reajustes salariais foram inferiores à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e normalmente utilizado para a recomposição salarial.

O balanço do Dieese mostra que cerca de 58% dos reajustes ficaram em patamar inferior ao INPC-IBGE. Isso significa que apenas 42% das negociações consequiram repor as perdas com inflação.

Segundo o Dieese, embora a base de dados não constitua uma amostra estatística, o que relativiza as comparações anuais, o ano de 2003 foi o pior resultado já apurado desde o início da pesquisa, em 1996.

A pesquisa considerou 556 acordos e convenções coletivas de trabalho realizadas no ano passado. Também foi considerado o noticiário da imprensa escrita e dos veículos impressos ou virtuais do meio sindical - jornais e revistas de sindicatos de trabalhadores e de entidades sindicais empresariais.

Em cerca de 23% das negociações analisadas, os índices acordados corresponderam exatamente à inflação apurada pelo INPC. Em aproximadamente 20% dos casos observados, os percentuais de reajuste superaram a variação acumulada do índice, o que significa que uma em cada cinco negociações praticadas conquistou aumento maior que o INPC-IBGE.

É importante ressaltar, também, que mais de 72% dos reajustes salariais superiores ao INPC-IBGE o superaram em até 1%.

O ano de 2003 foi marcado também por um grande número de categorias cuja negociação resultou em perdas salariais acentuadas. Em aproximadamente 17% das negociações registradas, o reajuste salarial obtido ficou mais de 5% abaixo do INPC-IBGE.

A pesquisa revela ainda que os abonos salariais mostraram-se pouco presentes nas negociações realizadas entre janeiro e junho. No segundo semestre, no entanto, passaram a surgir com maior freqüência. No ano 2003 como um todo, os abonos foram observados em 12% das negociações.

Outra caracteristica observada foi reajuste escalonado, presente em 13% dos documentos analisados. Essa prática significa a aplicação de índices diferenciados por faixa salarial, normalmente de forma progressiva - ou seja, com variação de porcentagem inversamente proporcional ao nível de remuneração do trabalhador.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)