Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

05/03/2006 03:00

Balanças mais modernas serão implantadas nas rodovias

Agência Brasil/Eliane Gonçalves e Paulo Machado

O Centro de Excelência em Engenharia de Transportes (Centran) quer incorporar tecnologia ao antigo método de pesagem de veículos usado em balanças rodoviárias. Segundo o secretário-executivo do Centran, coronel Paulo Dias, o órgão dispõe de recursos para desenvolver um sistema mais moderno. Uma das alternativas seria implantar, em todo o país, balanças eletrônicas para evitar as longas filas de caminhões que se formam nos postos fiscais."Temos em torno de 10 milhões de reais para desenvolver o sistema, compreendendo a pesquisa de campo, em todo o território nacional, e chegar a uma apresentação de um modelo de balança dinâmica", garantiu o coronel, adiantando que o estudo da legislação e do tráfego, com origem e destino de veículos de carga, já está em fase final de elaboração.

As novas balanças ajudariam a controlar o peso dos veículos de transporte de carga, preservando a vida útil das rodovias. O excesso de peso é considerado um dos principais responsáveis pelos buracos nas estradas.

Na rodovia BR 101 Nordeste, entre Recife e Natal, por exemplo, chegam a trafegar até 40 mil veículos por dia, muitos de transporte de carga. A região é produtora de cana-de-açúcar e importa de outros estados os mais variados tipos de mercadorias, de automóveis a produtos químicos. Na hora de carregar os caminhões, nem sempre os limites de peso são respeitados. Para o caminhoneiro Renato Maciel, que justifica o excesso de peso pela defasagem no valor do frete, "o caminhoneiro coloca mais um pesinho para poder tirar um dinheiro a mais. Aí você acaba andando pesado para sobreviver".

A fiscalização do peso das cargas dos caminhões está prevista no Código de trânsito brasileiro de 1997. Desde janeiro deste ano, este tipo de trabalho nas rodovias federais é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (Dnit). Atualmente, a maioria das balanças do país está fechada. A realidade é confirmada pelos próprios caminhoneiros, como Roque Schuch que, entre Santa Catarina e João Pessoa-PB, não precisou parar em nenhum posto de pesagem, nenhuma balança funcionava.

O Centran, resultado de uma parceria entre os ministérios do Transporte e da Defesa, é dirigido pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (Dnit) e pelo Exército. Um dos seus objetivos é trabalhar para a melhoria e inovação no setor de transportes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)