Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/03/2006 03:00

Balanças mais modernas serão implantadas nas rodovias

Agência Brasil/Eliane Gonçalves e Paulo Machado

O Centro de Excelência em Engenharia de Transportes (Centran) quer incorporar tecnologia ao antigo método de pesagem de veículos usado em balanças rodoviárias. Segundo o secretário-executivo do Centran, coronel Paulo Dias, o órgão dispõe de recursos para desenvolver um sistema mais moderno. Uma das alternativas seria implantar, em todo o país, balanças eletrônicas para evitar as longas filas de caminhões que se formam nos postos fiscais."Temos em torno de 10 milhões de reais para desenvolver o sistema, compreendendo a pesquisa de campo, em todo o território nacional, e chegar a uma apresentação de um modelo de balança dinâmica", garantiu o coronel, adiantando que o estudo da legislação e do tráfego, com origem e destino de veículos de carga, já está em fase final de elaboração.

As novas balanças ajudariam a controlar o peso dos veículos de transporte de carga, preservando a vida útil das rodovias. O excesso de peso é considerado um dos principais responsáveis pelos buracos nas estradas.

Na rodovia BR 101 Nordeste, entre Recife e Natal, por exemplo, chegam a trafegar até 40 mil veículos por dia, muitos de transporte de carga. A região é produtora de cana-de-açúcar e importa de outros estados os mais variados tipos de mercadorias, de automóveis a produtos químicos. Na hora de carregar os caminhões, nem sempre os limites de peso são respeitados. Para o caminhoneiro Renato Maciel, que justifica o excesso de peso pela defasagem no valor do frete, "o caminhoneiro coloca mais um pesinho para poder tirar um dinheiro a mais. Aí você acaba andando pesado para sobreviver".

A fiscalização do peso das cargas dos caminhões está prevista no Código de trânsito brasileiro de 1997. Desde janeiro deste ano, este tipo de trabalho nas rodovias federais é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (Dnit). Atualmente, a maioria das balanças do país está fechada. A realidade é confirmada pelos próprios caminhoneiros, como Roque Schuch que, entre Santa Catarina e João Pessoa-PB, não precisou parar em nenhum posto de pesagem, nenhuma balança funcionava.

O Centran, resultado de uma parceria entre os ministérios do Transporte e da Defesa, é dirigido pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (Dnit) e pelo Exército. Um dos seus objetivos é trabalhar para a melhoria e inovação no setor de transportes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)