Cassilândia, Quinta-feira, 04 de Março de 2021

Últimas Notícias

08/04/2017 06:45

Balança comercial aponta que ‘Carne Fraca’ ainda não afetou exportação

Midiamax

A exportação de carne não sofreu impacto, mesmo com a repercussão da Operação Carne Fraca deflagrada em meados de março, é o que aponta relatório emitido pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). Entretanto, conforme a Carta de Conjuntura do Setor Externo, elaborada pelo órgão, o superávit na balança comercial do Estado com o exterior no primeiro trimestre de 2017, que chegou a cerca de US$ 610 milhões, ficou aquém do registrado no mesmo período do ano passado, que foi de US$ 667 milhões.

Os dados da carta mostram que a exportação de produtos de carne no primeiro trimestre de 2017 foi superior que o registrado no mesmo período do ano passado, mantendo os principais mercados de exportação. As operações de “Abate e preparação de produtos de carne” cresceram 9,01% no primeiro trimestre de 2017 em relação ao mesmo período de 2016. Já a de “Carne de aves fresca, refrigerada ou congelada” aumentaram 31,22% de janeiro a março deste ano, na comparação com o os três primeiros meses de 2016.

Segundo análise do titular da Semagro, Jaime Verruck, os números não livram o estado de impactos, pois foram observados reflexos internos. “Isto não significa que a Operação Carne Fraca não teve impacto nas atividades internas. O que se observou foi a redução dos abates e férias coletivas. Esperamos que com esses dados tenhamos o retorno das atividades das indústrias do Estado”, comenta. 

Desde que foram anunciados por diversos países e blocos as suspensões das importações da carne brasileira, em virtude das divulgações da Operação Carne Fraca, o governador Reinaldo Azambuja e o secretário da Semagro, Jaime Verruck têm dialogado com governo federal e agido em conjunto com o setor produtivo no sentido de reforçar a qualidade da carne brasileira e assegurar a manutenção de mercados importantes que foram conquistados com ações de vigilância e investimento em tecnologia e inovação. “Não houve impacto, mas a batalha continua para recuperar a imagem da carne brasileira, tanto no mercado interno quanto no externo”, finaliza o secretário Jaime Verruck.
O destaque nas exportações dos três primeiros meses do ano é a soja em grão, com 32,27% do total exportado em termos do valor, e com aumento de 13,83% em relação ao mesmo período no ano passado. Em relação ao volume tivemos aumento de 0,4%.

O segundo lugar foi ocupado por Celulose e outras pastas para fabricação de papel, com 20,99% de participação, com diminuição em termos de valor de 20,78% em relação a janeiro-março 2016. Em termos de volume, houve queda de 11,04% comparado a janeiro-março de 2016.

O grande responsável pela redução do superávit do primeiro trimestre de 2017 em relação aos meses de janeiro a março do ano anterior foi o “Óleo de soja em bruto e tortas, bagaços e
farelo de soja”, com redução de 84% no volume exportado. Em seguida vem o item “Preparação do couro e fabricação de artefatos - exclusive calçados”, mostrando diminuição de 44%.

Para ter acesso a todos os dados da Carta de Conjuntura do Setor Externo, consulte o site da Semagro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 04 de Março de 2021
Quarta, 03 de Março de 2021
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)